Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - PIZZA
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - FECOUM
Anúncio - banner mobile
Anúncio - campanha nova mobile
Anúncio - mobile rodape
Anúncio - Campanha transito mobile
Anúncio - banner rodape
Discoteca Retrô
Nos Anos 60, a gente protestava contra a Guerra do Vietnã!
Publicado em 18/05/2018 às 10:41

Durante a guerra do Vietnã, ocorrida entre os anos de 1955 e 1975, as bandas Beatles e Rolling Stones estavam no auge do sucesso, principalmente no ano que os EUA entraram na guerra em 1965. Entre os fãs das bandas estavam milhares de jovens...

Era um garoto

Que como eu

Amava os Beatles

E os Rolling Stones...

 

Durante o período da guerra muitas "tribos" nasceram nos EUA, entre elas estavam os Beatniks e posteriormente os Hippies. Esses grupos se caracterizavam pelo anti-materialismo e a busca pela paz interior. No caso dos ‘ripongas’, a vida nômade e em comunidades era uma característica marcante.

 

Girava o mundo

Sempre a cantar

As coisas lindas

Da América...

 

Os jovens daquelaa época se apagavam muito no pensamento do amor livre, tendo como slogan do movimento Hippie a frase "Paz e Amor".

 

Não era belo

Mas mesmo assim

Havia mil garotas afim

Cantava Help

And Ticket To Ride

Oh Lady Jane, Yesterday...

 

Com as baixas no exército norte-americano muitos jovens foram convocados para lutarem no Vietnã. Essa convocação era feita através de cartas. Até o ano de 1973, o serviço militar era obrigatório, o que levou muitos jovens sem experiência a irem obrigados para a guerra.

 

 

Cantava viva à liberdade

Mas uma carta sem esperar

Da sua guitarra o separou

Fora chamado na América...

 

A mudança de vida foi radical para os jovens norte-americanos. Saíram do conforto de suas casas e da segurança dos EUA, para lutarem na selva!

 

Stop! Com Rolling Stones

Stop! Com Beatles songs

Mandado foi ao Vietnã

Lutar com vietcongs...

 

Representação dos barulhos das armas utilizadas na guerra:

Ratá-tá tá tá...

Tatá-rá tá tá...

Ratá-tá tá tá...

 

A guerra do Vietnã trouxe grandes consequências para a vida desses jovens: muitos morreram nos combates e os que regressavam para os EUA estavam mutilados ou psicologicamente afetados pelos horrores da guerra.

 

Era um garoto

Que como eu!

Amava os Beatles

E os Rolling Stones

Girava o mundo

Mas acabou!

Fazendo a guerra

No Vietnã...

 

Ao ingressarem no exército, os jovens tinham seus cabelos raspados e aprendiam a utilizar armamentos como fuzis, metralhadoras, submetralhadoras etc.

Cabelos longos

Não usa mais

Nem toca a sua

Guitarra e sim

Um instrumento

Que sempre dá

A mesma nota

Ra-tá-tá-tá...

 

O número de soldados norte-americanos mortos no Vietnã gira em torno de 58.203 mortos!!!

Não tem amigos

Nem vê garotas

Só gente morta

Caindo ao chão

Ao seu país

Não voltará

Pois está morto

No Vietnã...

 

Como forma de reconhecimento o exército entregou medalhas de bravura e honra...

Stop! Com Rolling Stones

Stop! Com Beatles songs

No peito um coração não há

Mas duas medalhas sim!

 

Ratá-tá tá tá...

Tatá-rá tá tá...

Ratá-tá tá tá...

Tatá-rá tá tá...

Ratá-tá tá tá...

Tatá-rá tá tá...

Ratá-tá tá tá...

 

NO BRASIL, ESTRONDOSO SUCESSO!

"Era Um Garoto Que Como Eu Amava os Beatles e os Rolling Stones" é uma canção de rock brasileira gravada em 1967 pela banda ‘Os Incríveis’, presente no álbum intitulado ‘Para os Jovens Que Amam os Beatles, os Rolling Stones e... Os Incríveis’. Ela virou um verdadeiro hino da nossa juventude na época e figura entre os maiores sucessos da história do rock verde amarelo.

A música é a versão em português escrita por Brancato Jr. (na época empresário da banda) da canção italiana “C'era un ragazzo che come me amava i Beatles e i Rolling Stones”, do cantor Gianni Morandi.

Ela fala de um jovem americano, guitarrista, que teria sido convocado para a Guerra do Vietnã e que perdeu toda sua juventude, seu futuro como músico e sua vida lutando. E no final só o que restou foram duas medalhas em seu peito.

A música relata bem a repulsão dos jovens à guerra, e suas desvantagens. Ele fala que viu gente morta, amigos caindo ao chão e ficando pra trás, até que chegou a vez dele.

www.colunaitalo.com.br

Anúncio - Dentista
Comentários
Veja também