Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - Matriculas Abertas
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
Discoteca Retrô
Roupa Nova: 40 anos encantando o Brasil!
Publicado em 01/02/2021 às 14:02

São poucas as bandas, em todo o universo pop, que chegam aos 40 anos tocando, cantando e alegrando a vida da gente. São mais raras as bandas que completam quatro décadas em atividade sem interrupções e com a mesma formação. São ainda mais raras as bandas que continuam mobilizando pequenas multidões a cada show, mesmo tendo atravessado eventuais períodos de baixa produtividade e de queda de popularidade. O sexteto carioca Roupa Nova é uma dessas raríssimas bandas. Formada em 1980, com direito a batismo com música inédita de Milton Nascimento e Fernando Brant (1946 – 2015), a banda Roupa Nova completa 40 anos em 2020 como caso singular de longevidade no universo pop brasileiro e mesmo mundial. Cleberson Horsth (teclados e vocal), Kiko (Eurico Pereira da Silva Filho, violão, guitarra e vocal), Nando (Luiz Fernando Oliveira, baixo e vocal), Paulinho (Paulo César dos Santos, voz, percussão e vocal), Ricardo Feghali (teclados, violão, guitarra e vocal) e Serginho (Sérgio Herval Holanda de Lima, voz, bateria e vocal) orgulham o Brasil por essa conquista de longevidade musical! Entre as canções mais famosas do grupo estão “Whisky a go-go”, “Dona”, “Volta pra mim”, “Anjo”, A viagem”, “Coração pirata” – para citar apenas algumas. Detalhe em alto relevo: são mais de 30 milhões de cópias vendidas e 37 discos lançados até os dias de hoje!!! IN MEMORIAN: O cantor Paulo César Santos, o Paulinho do Roupa Nova, faleceu vítima de Covid-19 no Rio de Janeiro no dia 14 de dezembro de 2020, aos 68 anos. Em homenagem póstuma vamos cantar “Coração pirata” para ele: acompanhem a letra abaixo e curtam o vídeo cantando juntos! (ITALO FÁBIO CASCIOLA)

CORAÇÃO PIRATA/ROUPA NOVA

Quando a paixão não dá certo

Não há porque me culpar

Eu não me permito chorar

Já não vai adiantar

E recomeço do zero

Sem reclamar

O meu coração pirata

toma tudo pela frente

Mas a alma adivinha

O preço que cobram da gente

E fica sozinha

 

Eu levo a vida como eu quero

Estou sempre com a razão

Eu jamais me desespero

Sou dono do meu coração

Ah! O espelho me disse

Você não mudou

 

Sou amante do sucesso

Nele eu mando, nunca peço

Eu compro o que a infância sonhou

Se errar, eu não confesso

Eu sei bem quem eu sou

E nunca me dou

 

Quando a paixão não dá certo

Não há porque me culpar

Eu não me permito chorar

Já não vai adiantar

E recomeço do zero

Sem reclamar

 

Quando a paixão não dá certo

Não há porque me culpar

Eu não me permito chorar

Já não vai adiantar

E recomeço do nada sem reclamar

 

As pessoas se convencem

De que a sorte me ajudou

Mas plantei cada semente

Que o meu coração desejou

Ah! O espelho me disse

Você não mudou

 

Sou amante do sucesso

Nele eu mando, nunca peço

Eu compro o que a infância sonhou

Se errar, eu não confesso

Eu sei bem quem eu sou

E nunca me dou

 

Quando a paixão não dá certo

Não há porque me culpar

Eu não me permito chorar

Já não vai adiantar

E recomeço do zero sem reclamar

Quando a paixão não dá certo

Não há porque me culpar

Eu não me permito chorar

Já não vai adiantar

E recomeço do nada sem reclamar

 

Faço o que quero,estou sempre com a razão

Eu jamais me desespero

Sou dono do meu coração

Ah! O espelho me disse

Você não mudou

Você não mudou

Não mudou!

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também