Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner mobile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - PIZZA
Anúncio - Móbile
Anúncio - Móbile rodapé novo
Anúncio - Banner Mobile
Anúncio - Móbile
Anúncio - Bairro Saudavel novo
Discoteca Retrô
Carnaval em ano eleitoral: Abram alas Para o Cordão dos Puxa-Sacos!!!
Publicado em 02/02/2018 às 17:18

É impossível esquecer esta marchinha, afinal ela foi a mais tocada durante décadas a fio nos bailes de Carnaval em todo o Brasil! E até hoje continua sendo cantada pelos blocos de rua na folia das grandes capitais! E este ano não será diferente, afinal puxa-sacos é uma galera que não acaba nunca, pelo contrário, aumenta...

A marcha de carnaval “O Cordão dos Puxa-Sacos” foi escrita por Roberto Martins e Eratóstenes Frazão em 1946. As estrofes carregam uma forte e bem-humorada conotação política. Ela é tão famosa que sua letra está presente até em livros de história política brasileira, pois a marchinha causava furor no meio dos poderosos da época...

“O Cordão dos Puxa-Sacos” tem como mote a crítica àqueles que bajulam os homens políticos e públicos, ou seja, os famosos puxa-sacos. Sua letra é simples, papo reto mesmo, sem rodeios: “Vossa Excelência/ Vossa Eminência/ Quanta referência nos cordões eleitorais!”... E fica bem clara a hipocrisia quando se diz: “Mas se o ‘Doutor’ cai do galho e vai pro chão/ A turma logo evolui de opinião!”, mostrando que os bajuladores mudam logo de opinião a cada pleito eleitoral – se o cacique é reprovado nas urnas, fica só, o cordão some e vai bajular os eleitos.

A marchinha narra e critica as homenagens e as circunstâncias, o apego ao poder e não às pessoas, e o caráter volátil dos ‘puxa-sacos’ que evoluem de opinião sempre que há uma mudança do poder. Como podem observar no cenário da realidade, ela continua muito atual…

Segue a letra:

Iaiá, me deixa subir esta ladeira

Eu sou do bloco, mas não pego na chaleira (bis)

 

 Lá vem o cordão dos puxa-sacos

Dando vivas aos seus maiorais

Quem está na frente é passado pra trás

E o cordão dos puxa-sacos cada vez aumenta mais (bis)

 

 Vossa Excelência, Vossa Eminência

Quanta reverência nos cordões eleitorais

 

Mas se o ‘Doutor’ cai do galho e vai ao chão

A turma toda evolui de opinião

E o cordão dos puxa-sacos cada vez aumenta mais!

ASSISTA O VÍDEO!

No vídeo está a gravação de “Cordão dos Puxa-Sacos” feita em 1946 pelos “Anjos do Inferno”, um grupo vocal e instrumental carioca que ficou famoso animando os grandes bailes de Carnaval no Rio de Janeiro!

www.colunaitalo.com.br

Anúncio - Banner Interno Anúncio - Interno novo Anúncio - Clarineis interno Anúncio - Dentista
Comentários
Veja também