Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner mobile
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - MOBILE MARÇO
Anúncio - banner mobile topo
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - Procon móbile
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
FECOMÉRCIO INFORMA:
Paranaenses batem recorde como os mais endividados do Brasil!
Endividamento no Paraná foi de 90,4%, enquanto que a média brasileira chegou a 76,3%
Publicado em 27/01/2022 às 09:39 Ítalo
Paranaenses batem recorde como os mais endividados do Brasil!

O nível de endividamento médio das famílias paranaenses em 2021 voltou ao mesmo patamar de antes da pandemia. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada esta semana pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), a média anual de endividamento no Paraná foi de 90,4%, percentual superior a 2020 (89,6%) e igual ao registrado em 2019 (90,4%).

O índice de endividados no estado ficou bastante acima da média brasileira, que chegou em 76,3%, a maior em 11 anos da pesquisa. Desde outubro o indicador de endividamento vem subindo no estado e em dezembro chegou a 93,1%. O aumento de famílias com dívidas revela que as pessoas recorreram mais ao crédito para sustentar o consumo, que aumentou com o avanço da vacinação.

O índice foi puxado, sobretudo, pelas famílias de maior renda, que mesmo com uma redução no último mês do ano, bateu nos 97%. Ou seja, praticamente todas as famílias com renda superior a dez salários mínimos possuem compromissos financeiros ou dívidas. Também se observa uma tendência de aumento no endividamento das famílias de menor renda, com 92,3% em dezembro, a terceira elevação consecutiva.

Os paranaenses também encerraram 2021 com mais dificuldades no pagamento das dívidas. Os percentuais de famílias sem condições de pagar suas dívidas e das que não terão condições de pagar voltaram a crescer após seis meses de queda. Em dezembro, 19,3% dos endividados estavam com as contas em atraso e 6,3% reconheciam que não teriam condições de quitar seus débitos.

TIPO DE DÍVIDA

O cartão de crédito foi o grande motivo do endividamento, ao concentrar, em média, 71,9% das dívidas dos paranaenses em 2021. Já o financiamento de veículo correspondeu a 12,2% das dívidas e o financiamento imobiliário, a 9,3%.

FONTE: Fercomércio PR

IMAGENS: Fotos ilustrativas

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também