Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Dia dos Pais 8 de Agosto
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - CAMPANHA NIVER 63 ANOS
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
ATENÇÃO, DONOS DE PETS:
Castrapet em Umuarama: cirurgias grátis para cães e gatos
Atendimento será na Escola Souza Naves nos dias 30 de junho a 8 de julho
Publicado em 15/06/2021 às 14:57 Ítalo
Castrapet em Umuarama: cirurgias grátis para cães e gatos

O CastraPet é uma iniciativa inédita no Brasil. Equipes de veterinários são disponibilizados pelo Estado para atender prefeituras, população de baixa renda, protetores e ongs, conforme critério e cadastro municipal. O Programa Permanente de Esterilização Cirúrgica de Cães e Gatos (CastraPet Paraná) é executado pelo Instituto Água e Terra (IAT), com recursos da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, por meio do Fundo Estadual do Meio Ambiente ou de emendas parlamentares e parcerias das prefeituras.

O objetivo do CastraPet é controlar a população de cães e gatos abandonados nas ruas, decorrentes de ninhadas indesejadas, doenças e outro fatores relacionados. Desde 2019, a Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo investiu cerca de R$ 2,4 milhões nessa ação permanente de Saúde Única, ou seja, dentro do conceito de saúde animal, humana e ambiental.

E mais R$ 2,5 milhões de investimentos estão previstos para o segundo ciclo do programa que terá início no dia 30 de junho em UMUARAMA, castrando animais a partir dos quatro meses de idade até no máximo oito anos, de ambos os sexos.

CASTRAPET ATENDERÁ NA ESCOLA SOUZA NAVES

Os procedimentos cirúrgicos serão realizados em estrutura que será montada na quadra da Escola Municipal Senador Souza Naves, nos dias 30 de junho a 8 de julho (com exceção do domingo, 04/07), das 8 às 15 horas, até o limite de 457 castrações. Serão agendados 85 animais por dia, até o máximo de 680. Os cadastros que excederem o limite serão inclusos em uma lista de reserva.

Para fazer o cadastro o tutor do animal deve ir até a Diretoria do Meio Ambiente, na Prefeitura com documentos onde serão coletados endereço, documentos pessoais e comprobatórios em caso de vulnerabilidade social (Bolsa Família, ficha do CRAS, tarifa social em contas de energia ou água e esgoto), além da assinatura obrigatória do termo de responsabilidade pela castração. Não serão feitos cadastros por telefone, apenas presencialmente. É importante que o agendamento de cirurgias siga a capacidade estabelecida pela empresa contratada, totalizando 85 animais/dia, entre machos e fêmeas, conforme o seguinte cronograma: 8h – 20 felinos (machos e fêmeas); 9h – 15 felinos (machos e fêmeas); 10h30 – 15 cães machos; 13h – 10 cães fêmeas; 14h – 10 cães fêmeas; 15h – 10 cães fêmeas; 15h – cinco cães machos.

“Os tutores devem ficar cientes de que animais excedentes serão atendidos apenas se houver desistência ou reprovações nos exames pré-anestésicos”, acrescentou o diretor de Meio Ambiente da Prefeitura, Matheus Michelan Batista. Os tutores devem chegar à Escola Souza Naves com 15 minutos de antecedência ao horário agendado para a cirurgia, para conferência de cadastro e demais orientações. Ao efetuar o cadastro de tutores com mais de um animal é importante observar os horários distintos para cães e gatos. “Se um mesmo tutor estiver cadastrando cães e gatos, deve se atentar à diferença de horário, para que esteja ciente sobre os horários do jejum, a fim de que nenhum animal seja reprovado na avaliação clínica por falta de jejum”, acrescentou.

Os critérios definidos pelo município foram: 1º) Em parceria com a Saau (Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama), o município recolherá animais de rua para que sejam realizados os cuidados pré e pós-operatórios; 2º) Atendimento para animais de famílias em situação de vulnerabilidade social que possuam mais de um cão ou gato na residência, com preferência para a castração de fêmeas; e 3º) Serão priorizados de maneira igualitária os loteamentos de interesse social no município. Salienta-se o cumprimento dos decretos de combate à Covid 19, sendo permitido apenas um tutor por animal, de posse de seus documentos pessoais.

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também