Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - CAMPANHA NIVER 63 ANOS
Anúncio - Dia dos Pais 8 de Agosto
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
AGLOMERAÇÕES
Comércio do PR pede punição de ‘irresponsáveis’
Faciap diz: “Não é o comércio que tem que ser punido”
Publicado em 08/03/2021 às 12:17 Ítalo
Comércio do PR pede punição de ‘irresponsáveis’

A Federação dos Comerciantes do Paraná diz que disseminação do vírus não ocorre no ambiente comercial, e sim no meio das pessoas que promovem aglomeração. E são elas que devem ser punidas, não o comércio. A Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap) manifestou-se, na sexta-feira (5), contra a prorrogação das medidas restritivas impostas pelo governo estadual, principalmente o fechamento dos serviços não essenciais. Conforme o presidente da entidade, Fernando Morais, não é o comércio que tem que ser punido, e sim, pessoas irresponsáveis que promovem aglomeração e disseminam o vírus. No manifesto, a entidade ressalta que mesmo em meio à maior pandemia do século, há pessoas aglomerando em encontros familiares, festas clandestinas, bares, eventos religiosos e em muitos outros lugar. “Estamos passando por um momento muito difícil com o avanço acelerado da pandemia, mas os empresários não podem carregar este fardo sozinhos. O manifesto da Faciap tem o objetivo de evidenciar que o maior número de contágio ocorre pela aglomeração da população, mas não acontece no ambiente comercial. Quantos ainda precisam morrer para que parte da população entenda que também é responsável pela propagação do vírus?”, diz Morais.

FONTE: CLIQUE AQUI!

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

 

Comentários
Veja também