Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
MODERNIDADE
Ônibus 100% elétrico já começou a rodar em Maringá
1ª cidade do interior do PR a ter o que há de mais moderno no mundo
Publicado em 21/02/2019 às 09:25 Ítalo
Ônibus 100% elétrico já começou a rodar em Maringá

Os habitantes de Maringá tem um forte motivo para comemorar: começou a rodar esta semana o ônibus 100% elétrico. Os passageiros que estão usando esse novo veículo de transporte coletivo estão sentindo a diferença. Ele é bem mais silencioso do que os outros da frota tradicional. Além disso, a viagem não agrede o meio ambiente, já que o motor elétrico não polui.

O novo ônibus foi apresentado na manhã da segunda-feira (18). O investimento foi de R$ 1,8 milhão e, segundo o diretor-executivo da empresa de transporte coletivo Cidade Canção, Roberto Jacomelli, o ônibus é 100% elétrico: "É o que tem de mais moderno no mundo. E Maringá é a primeira cidade do interior do Paraná que está com essa unidade e isso certamente fará com que a gente possa avaliar, juntamente com o poder público, novos investimentos nesse segmento", comentou.

O ônibus estava na lista de investimentos exigidos pela Prefeitura de Maringá na negociação de aumento da tarifa. O prefeito Ulisses Maia disse que quer manter a tarifa num valor razoável e para isso não está descartado o subsídio de gratuidades que hoje pesam na planilha de custos da TCCC.

Esse modelo de ônibus é considerado ecológico porque não polui o ar com a queima de combustível fóssil e evita também a poluição sonora, por ter motor silencioso.

O veículo tem uma bateria que leva quatro horas para ser completamente carregada e que oferece autonomia para rodar por até 200 quilômetros.

O novo ônibus tem capacidade para 74 passageiros sentados e em pé. Tem ar-condicionado e é adaptado para cadeirantes. O modelo foi fabricado pela chinesa BYD, em Campinas, e tem carroceira da Marcopolo. Os veículos elétricos costumam durar em média 15 anos, contra dez dos movidos a diesel.

Também existe uma expectativa por parte da empresa de que os gastos com manutenções sejam menores com o ônibus elétrico. O motivo é que o veículo tem menos componentes em comparação aos carros à diesel.

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também