Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - Matriculas Abertas
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - CAMPANHA NIVER 63 ANOS
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
PREVENÇÃO DA SAÚDE
Projeto ensina que “prevenir é melhor do que remediar”
Feira de Saúde realizada pela Igreja Adventista atraiu a população no feriado
Publicado em 16/11/2017 às 13:32 Italo
Projeto ensina que “prevenir é melhor do que remediar”

Mais de 100 pessoas foram atendidas na Feira de Saúde, evento organizado pela Igreja Adventista de Umuarama. “Foi um sucesso!”, afirma Laís Michele, coordenadora do projeto. “Outras feiras virão e mais pessoas terão a oportunidade de participar”, conclui.

Laís Michele é psicóloga e coordenadora voluntária do Ministério de Saúde na Igreja Adventista em que frequenta. Ela e mais de 80 pessoas, entre profissionais de saúde e voluntários estiveram envolvidos no projeto que examinou e orientou pessoas gratuitamente no feriado de 15 de novembro, no lago Aratimbó.

Avaliando a saúde

Oito aspectos foram considerados nas avaliações e orientações. São eles: Nutrição, atividade física, abstinência de elementos nocivos à saúde, o uso correto da água, do ar e do sol, descanso e espiritualidade.

Glicemia, fluxo pulmonar, aptidão física e um cálculo computadorizado para descobrir a “idade biológica” (um valor ilustrativo da qualidade da saúde), estiveram entre alguns testes.

Entre os participantes estiveram pessoas de todas as idades. Para Amanda Francine, de 20 anos, as avaliações foram um alerta ao risco de diabetes e sobrepeso. “Percebi que preciso melhorar minha alimentação e começar logo a fazer alguma atividade física. Se eu não mudar, vou ficar doente”, explica.

Após os testes, Amanda foi para casa decidida a reduzir frituras e doces, também aumentar o consumo de frutas e verduras. Ela ainda aprendeu sobre a necessidade de realizar intervalos entre as refeições, usando apenas água. “É bom pra gente”, diz Amanda.

Já, para Hugo Vinícius, 19 anos, que também foi avaliado, o peso e a alimentação não trouxeram preocupações. Mesmo com alimentação irregular, os exames de Hugo não apresentaram fatores negativos. No entanto, Hugo aprendeu sobre a importância do descanso. “Tenho duas ocupações e sobra pouco tempo para dormir”, explica. “Vai ser difícil. Mas a partir do ano que vem vou poder dormir o tempo ideal”, planeja.

Do jeito delas

Para as crianças também houve um circuito especial de mini-palestras, na linguagem delas. Os mesmos elementos como nutrição, administração do tempo para descanso e bons hábitos foram tratados de forma lúdica e interativa: Cama-elástica, banho de sol, água fresca a vontade e muitas brincadeiras, atraíram as crianças que passaram por ali.

Importante

Até mesmo a ciência e as secretarias públicas de saúde já concluíram que “prevenir é melhor do que remediar”, coisa que os adventistas vêm falando há mais de 150 anos.

“Todos os avaliados chegam à conclusão de que, para ter uma saúde estável, é preciso ter equilíbrio entre os bons hábitos, eliminando tudo que é tóxico e nocivo à saúde. Até mesmo nos aspectos espiritual e mental”, assegura Jorge Leite, pastor da Igreja. “Quando realizamos a avaliação final, é comum perceber pessoas com condições físicas boas, mas de alguma forma sofrendo emocionalmente. Esse projeto visa ajudar o ser humano como um todo.”

E que venham mais Feiras de Saúde!

www.colunaitalo.com.br

Fotos exclusivas by Thais Polesi para o Portal Coluna ITALO

Comentários
Veja também