Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM COLORADO 2
Anúncio - BILINGUE SET A DEZEMBRO 2022
Anúncio - BANNER MOBILE
Anúncio - Emporio mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
CARLITO PALHAÇO
MENSAGEIRO DO BEM E DA ALEGRIA
Jovem conquistou a admiração e carinho da Capital da Amizade pelo seu coração de ouro!
Publicado em 14/08/2023 às 11:48 Italo
MENSAGEIRO DO BEM E DA ALEGRIA

Umuarama tem a sorte de ter um artista com uma missão muito especial de levar felicidade a quem realmente precisa de alegria em momentos tristes e depressivos, que precisam de uma companhia solidária e de emoções de esperança!

Esse personagem é o Carlito Palhaço, um jovem que escolheu como missão praticar bondade através de sua arte, que considera a sua grande paixão nesta vida. O protagonista desta crônica que vou contar é o jovem Carlos Antônio Zago, de 33 anos, universitário do curso de Pedagogia na Unipar e que conquistou a admiração e o carinho da Capital da Amizade do Brasil pelo seu coração de ouro, pois nos intervalos de seu trabalho, quando poderia se divertir como todos os jovens fazem, ele prefere levar mensagens positivas e alegria aos hospitais e asilos com sua arte, que é o melhor ‘remédio’ para curar a tristeza, a depressão e a angústia dos momentos mais tristonhos da vida: a alegria!!!

Nesta semana o solidário Carlito Palhaço vive um momento especialíssimo como ser humano e como artista: está comemorando cinco anos nessa arte de fazer feliz quem está triste! Merece registro que ele começou na Praça Miguel Rossafa onde marcava presença com um vistoso carrinho vermelho de pipocas, que ele mesmo preparava com paciência e alegria e que generosamente distribuía para a galerinha e os avós que lá iam curtir as brincadeiras com esse artista genial e bondoso. Além de presentear as crianças com as delícias que servia, encantava a plateia infantil com sonoras gargalhadas. E todo mundo ria feliz, muuuito feliz!

Foi com toda essa humanidade que o Carlito Palhaço tornou-se um personagem famoso na Capital da Amizade. Todo mundo o conhece e sorri quando seu nome é citado. Os seus trajes circenses coloridos e a sua atraente bola vermelha presa ao nariz fazem a alegria de muuuita gente, tanto é que a nova geração consagrou como rotina comparecer à praça para rever o amigo palhaço, brincar com ele e, claro, saborear as pipocas!

Com toda a repercussão e a notoriedade que conquistou com a arte da palhaçaria, Carlito decidiu ampliar as suas atividades, passando a frequentar os hospitais e asilos para levar as suas mensagens carinhosas e divertir aqueles que passam por períodos de desgosto e dor seja na saúde ou na velhice. As suas ações são reconhecidas, tanto é que as equipes de enfermagem e as direções dos hospitais apoiam suas atividades recebendo-o com carinho e admiração e facilitando para que Carlito realize o seu sonho de fazer feliz quem está doente!!! Nos asilos essa simpatia se repete.

ESTREIA DA VOVÓ MARGARIDA

Para comemorar em grande estilo os 5 anos de palhaçaria, Carlito produziu mais um personagem para seu elenco que o acompanha na arte de fazer o bem. É a Vovó Margarida ou Dra. Meg! A estréia foi marcada por uma memorável visita ao Hospital Cemil, de onde saiu encantado com a carinhosa recepção das equipes médicas e dos pacientes. O boneco causou emoção, afinal, quem não adora uma vovozinha linda e gracinha como ela?

O jovem umuaramense Carlos Antônio Zago, ops!, o alegre Carlito Palhaço, em posse feliz para o Portal Coluna ITALO escoltado por seu simpático elenco que o acompanha nas suas visitas a hospitais e asilos.

Durante a sua trajetória Carlito criou seu elenco com 3 personagens (bonecos), cada um com seu estilo e caretas lindas e divertidas. O vira-latas caramelo TOBBY; o DR. COLBY, do qual é assistente; e a DRA. MEG, a vovó Margarida que nossos leitores e leitoras conheceram nesta reportagem.

Ao Portal Coluna ITALO Carlito confidenciou que “meu maior sonho é ter o meu projeto social, voltado para arte e educação circense, envolver mais pessoas, ter um veículo Kombi itinerante, criar números de palhaços para me apresentar em vários lugares até na Broadway (kkkk)”, diz com uma sonora gargalhada.

Depois de meia década dedicada à palhaçaria para fazer o bem a quem precisa, Carlos Zago destaca que “tive muito apoio da minha família nessa jornada, especialmente da minha mãe!”. E conclui que “não chega ser o palhaço um personagem, mas o meu próprio "eu" essencial”. (ITALO FÁBIO CASCIOLA)

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Anúncio - banner lateral vinho novo
Anúncio - BILINGUE SET A DEZEMBRO 2022
Anúncio - banner lateral
Anúncio - Instituto do Coração
Anúncio - banner lateral
Anúncio - banner lateral
Comentários
Veja também