Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner mobile topo
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - MOBILE MARÇO
Anúncio - banner mobile topo
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
ATENÇÃO:
SÁBADO É O DIA D DE VACINAÇÃO
O objetivo principal é a ampliação da cobertura vacinal geral
Publicado em 10/06/2022 às 15:48 Italo
SÁBADO É O DIA D DE VACINAÇÃO

Os paranaenses dos 399 municípios terão a possibilidade de atualizar a carteirinha vacinal com todos os imunizantes disponíveis pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). A ação, realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesa), conta com o apoio da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e o Conselho dos Secretários Municipais da Saúde do Paraná (Cosems). O objetivo principal é a ampliação da cobertura vacinal geral.

A Sesa estima a aplicação de um milhão de doses do Calendário Nacional de Vacinação, de rotina e de campanhas vigentes contra sarampo, gripe e Covid-19, em crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes.

Serão aproximadamente 500 salas de vacinas abertas para a ação em todo o Paraná, pelo menos uma em cada um dos 399 municípios do Estado. O secretário de Estado da Saúde, César Neves, vai acompanhar a mobilização em Curitiba, que confirmou a abertura de dez unidades, e diretores do nível central da Sesa estarão presentes ainda em Londrina, Maringá e Foz do Iguaçu.

De acordo com o secretário, o Dia D é um movimento para incentivar a procura pelas unidades de saúde e atualizar a carteirinha de vacinação do adulto e da criança, especialmente com a diminuição da cobertura da imunização para diversas doenças.

“Essa é uma grande mobilização para alertar e sensibilizar toda comunidade sobre a importância em manter a vacinação em dia, isso permite minimizar o risco de surtos e epidemias de doenças. Importante ressaltar que a vacina não protege apenas o indivíduo, ela garante uma proteção coletiva e atua contra a transmissão. Quando há um número expressivo de vacinados, o vírus encontra dificuldades para circular. Por isso é tão importante a colaboração e adesão da população”, disse.

O presidente Cosems, Ivoliciano Leonarchik, enalteceu a iniciativa do Governo em promover a mobilização, em conjunto com as secretarias municipais e com as equipes de vacinadores de Paraná.

“Será uma ação para colocar em dia as doses de proteção tanto da Covid-19 e influenza como as demais vacinas de rotina. Queremos dar total apoio ao dia D no Paraná e esperamos que a população entenda esse chamado. A vacinação é um ato seguro e estamos juntos para proporcionar mais esse grande movimento na saúde”, afirmou.

O presidente da AMP, Júnior Weiller explicou a importância da participação de todos os municípios. “É preciso que estejam atuantes neste dia de mobilização para que o Paraná continue sendo o Estado de destaque em imunização e que possamos ter toda a nossa população protegida o mais rápido possível”.

A diretora de Atenção e Vigilância da Sesa, Maria Goretti David Lopes convocou a população para atualizar o esquema vacinal.

“O dia D de vacinação em todo o Paraná é um dia de mobilização, de convocação aos pais e responsáveis para que levem as suas crianças para serem vacinadas.

Precisamos ampliar a cobertura em todo o Estado, proteger a população, o SUS tem inúmeras salas de vacinas que estarão abertas atendendo as pessoas e garantindo o direito de proteção à saúde, promovendo a vida”, disse.

DADOS

O Paraná prorrogou a Campanha de Vacinação contra a Gripe e Sarampo, que teve início no dia 4 de abril. A cobertura vacinal contra a gripe, cuja meta é de 90%, atingiu apenas 52,5%. O sarampo, que tem meta de 95%, atingiu somente 37,47% de cobertura nas crianças.

Outra campanha em andamento é da vacinação contra a Covid-19. O Estado reforça a necessidade da continuidade da vacinação contra a doença, que tem cobertura da dose de reforço é 50,60%.

Além das coberturas das campanhas em andamento, também estão baixas as de rotina:

BCG (77,23%),

Febre Amarela (71,38%),

Hepatite A (77,39%),

Hepatite B (57,18),

Meningocócica (78,77%),

Pentavalente (78,23%),

Pneumocócica (80,46%),

Poliomielite (77,19%),

Rotavírus (78,41%),

Tríplice Viral (82,45%) e HPV em meninas (62,51%) e meninos (46,10%).

“Neste sábado, temos a oportunidade de colocar em dia todas as vacinas da carteira ordinária de vacinação. Precisamos fazer uma força tarefa para sair da faixa de risco de resgatar doenças tidas como erradicadas no nosso país, então é um dia extremamente importante e contamos com todo o povo do Paraná”, enfatizou o secretário.

PÚBLICOS

A campanha de influenza é disponibilizada para toda a população acima de seis meses de idade e os grupos prioritários são crianças, gestantes, puérperas, idosos, com 60 anos e mais, povos indígenas, professores e trabalhadores da saúde.

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo tem foco nas crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos. A população acima de cinco anos deve atualizar seu cartão vacinal, conforme o esquema preconizado pelo PNI, sendo que pessoas de cinco a 29 anos não vacinadas ou com esquema incompleto devem receber ou completar o esquema de duas doses de tríplice viral. Pessoas de 30 a 59 anos de idade não vacinadas devem receber uma dose da tríplice viral.

Trabalhadores de Saúde, independentemente da idade, devem receber duas doses de tríplice viral, conforme situação vacinal encontrada.

A vacina da Covid-19 está disponível para toda a população a partir dos 5 anos. Os trabalhadores da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos devem atualizar esquema primário, 1ª dose de reforço e/ou a 2ª reforço, conforme intervalo preconizado (quatro meses da última dose).

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também