Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - NATAL
Anúncio - Matriculas Abertas
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Porto Cobrinco
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
A DOENÇA + GRAVE!
Brasil dominado pela depressão!
Hoje existem 12 milhões de doentes; doença leva ao suicídio!!!
Publicado em 11/11/2020 às 10:05 Italo
Brasil dominado pela depressão!

O Brasil tem números alarmantes de habitantes que sofrem com depressão e transtornos de ansiedade, fato que acende um alerta, principalmente se for considerado que os casos de suicídio têm aumentado no Brasil. Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) mostram que 5,8% dos brasileiros - cerca de 12 milhões de pessoas! - sofrem de depressão. É a maior taxa da América Latina e a segunda maior das Américas, atrás apenas dos Estados Unidos. Estima-se que entre 20% e 25% da população teve, tem ou terá depressão, sendo essa a doença psiquiátrica com maior prevalência no Brasil.

DOENÇA LEVA AS PESSOAS AO SUICÍDIO!!!

Menosprezar doenças psiquiátricas e, consequentemente, o tratamento contribui para o aumento de casos de suicídio, observa o médico psiquiatra Antônio Geraldo da Silva, presidente da Apal (Associação Psiquiátrica da América Latina) e diretor da Associação Brasileira de Psiquiatria. A depressão profunda não é apenas difícil, mas também é a depressão mais perigosa. Mais de 90% das pessoas que cometem suicídio tem um transtorno mental diagnosticável, que muitas vezes inclui a depressão. A depressão vem aumentando este ano diante de fatos estressantes cada vez mais presentes na sociedade de hoje. Conclui-se que é fundamental buscar a ajuda de uma psicóloga ou um psicólogo, eles contribuirão para o combate a depressão, mas lembre-se: ator fundamental e insubstituível, é o próprio paciente que sofre de depressão, pois, é necessário partir dele a vontade de lutar contra o transtorno. Ou seja, o tratamento psicológico, bem como o psiquiátrico, tem uma grande importância, mas é preciso que o próprio paciente queira buscar ajuda. O importante é procurar por um profissional com sensibilidade para entender a sua dor e que faça você se sentir acolhido.

FONTE: Associação Brasileira de Psiquiatria

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também