Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - BANNER NOVO MOBILE SETEMBRO
Anúncio - 2 dose completa mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - Sustentabilidade móbile
O MUNDO DE LUTO!
Covid-19 matou 1 milhão de pessoas!
A Organização Mundial da Saúde alerta: pode chegar a 2 milhões!
Publicado em 29/09/2020 às 20:31 Italo
Covid-19 matou 1 milhão de pessoas!

A pandemia do coronavírus já matou um milhão de pessoas em todo o planeta! Essa marca foi atingida pouco mais de dez meses depois da primeira morte confirmada oficialmente na China, no começo de janeiro de 2020. O vírus continua a se espalhar pelo mundo, com mais de 32 milhões de casos em 188 países. E regiões e países que aparentemente haviam tido sucesso na contenção inicial da pandemia passaram a enfrentar o crescimento das infecções mais uma vez. A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou esses números no último fim de semana e alertou que o número de mortes pode chegar a 2 milhões antes de uma vacina estar amplamente disponível para a população. Algumas regiões têm enfrentado novos avanços da doença nos últimos meses, a exemplo da Índia e do continente asiático. Dados oficiais do governo indiano apontam que o número de infecções passou de 6 milhões, o segundo maior do mundo em números absolutos, depois dos Estados Unidos, com 7,1 milhões de casos. Em terceiro aparece o Brasil, com 4,7 milhões de casos confirmados. Especialistas apontam, no entanto, que o número de pessoas infectadas nesses países é muito maior do que as cifras oficiais.

COMO A COVID-19 SE ESPALHOU?

O vírus Sars-CoV-2, que causa a infecção respiratória covid-19, foi detectado inicialmente na cidade chinesa de Wuhan em dezembro de 2019. O surto se espalhou rapidamente ao redor do mundo nos primeiros meses de 2020, e em 11 de março a OMS declarou a pandemia global. O termo pandemia é adotado quando uma doença infecciosa passa facilmente de uma pessoa para outra em várias partes do mundo ao mesmo tempo. FONTES: BBC NEWS e Organização Mundial de Saúde (OMS)

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também