Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
MARAVILHA!
Em julho teremos chuva de estrelas!
Fica a dica: apreciar o esplendor da Via Láctea, a galáxia onde vivemos!
Publicado em 06/07/2020 às 16:14 Italo
Em julho teremos chuva de estrelas!

O nosso inverno é a melhor época para apreciar o esplendor da Via Láctea, a galáxia onde vivemos. Em localidades afastadas das luzes urbanas, pode-se ver seu brilho tênue atravessando o firmamento de horizonte a horizonte, dominado pelas constelações brilhantes de Escorpião e Sagitário.

E para tornar este mês de julho ainda mais especial, além da eclipse lunar que aconteceu na noite de domingo (5), teremos chuva de estrelas cadentes, e as melhores oportunidades para observar Júpiter e Saturno. Um prato cheio para os entusiastas da Astronomia e para quem curte a fotografia como hobby. Então anotem na agenda para não perder nenhum desses espetáculos celestes:

DIA 14: A NOITE DE JÚPITER

O maior planeta do Sistema Solar atingirá sua oposição, termo astronômico que significa que Júpiter ficará oposto ao Sol na esfera celeste. É a melhor posição para observação, com o planeta mais alto no céu e também visível durante mais tempo. Júpiter poderá ser visto na direção da constelação de Sagitário, brilhando mais que qualquer outra estrela.

DIA 20: O SENHOR DOS ANÉIS

Ao lado de Júpiter está Saturno, que também atinge a oposição neste mês de julho. Um pequeno telescópio irá mostrar seus delicados anéis e algumas de suas maiores luas, como Titã. Uma visão imperdível. As imagens estarão em todos os sites da internet mundial, é só procurar, achar e curtir as imagens fantásticas!

PERTO DO DIA 28 DE JULHO, quase fechando o mês, está prevista a chuva de meteoros Delta Aquarídeos do Sul, visíveis em todo o mundo, desde que o céu esteja limpo. Eles também são chamados de estrelas cadentes. Os meteoros em aquário poderão ser observados a partir das 9 horas da noite, mas o pico será a partir da 1 da madrugada, pelo horário de Brasília. O fenômeno será melhor apreciado em locais de céu bem escuro, longe das luzes da cidade. Para assistir, a dica é olhar para o leste. Apesar de os meteoros se originarem da constelação de Aquário, eles poderão ser vistos por todo o céu. Esses meteoros são detritos deixados pelo cometa 96P/Machholz.

FONTE: Com informações da Nasa

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também