Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - BANNER NOVO MOBILE SETEMBRO
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - Sustentabilidade móbile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - 2 dose completa mobile
MEC INFORMA:
O novo Ensino Médio passará a vigorar em 2022
Veja todos os detalhes sobre as mudanças previstas
Publicado em 08/09/2021 às 15:17 Ítalo
O novo Ensino Médio passará a vigorar em 2022

O Ministério da Educação lançou o cronograma nacional para as ações de implementação do Novo Ensino Médio, que será a partir do ano que vem e de forma gradual.

Entre as mudanças previstas, estão a ampliação da carga horária, de 2,4 mil horas para 3 mil horas totais, e uma nova estrutura curricular.

A nova organização valerá para todas as escolas públicas e privadas do país e terá início em 2022 com o primeiro ano do ensino médio e será implantada de maneira progressiva. Em 2023, deverá ser aplicada no segundo ano.

A expectativa é alcançar as três séries do ensino médio em 2024.

COMO SERÁ

O ensino médio passará a ser estruturado em dois grandes blocos:

CURRÍCULO GERAL BÁSICO: que tem como referência a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e define competências e habilidades para quatro áreas do conhecimento (Linguagens e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências da Natureza e suas tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas)

ITINERÁRIOS FORMATIVOS: que oferecem a possibilidade de o estudante se aprofundar em uma ou mais áreas de conhecimento e/ou na formação técnica e profissional.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), usado no processo seletivo para o ingresso em diversas universidades, também será atualizado. A aplicação conforme as diretrizes será em 2024.

CRONOGRAMA

O cronograma apresentado pelo MEC prevê a instituição de: Calendários para ampliação da carga horária para 1.000 horas anuais nas unidades escolares de ensino médio; Prazos para a implementação dos novos currículos, alinhados à BNCC e aos itinerários formativos; Cronogramas referentes aos materiais e recursos didáticos, via Programa Nacional do Livro Didático (PNLD); Atualizações das matrizes do Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI); Atualizações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB); Atualização do novo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

FONTE: Ministério da Educação

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também