Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - CAMPANHA NIVER 63 ANOS
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - Dia dos Pais 8 de Agosto
Anúncio - banner rodape
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
EFEITO COLATERAL
Médicos constatam que Covid-19 provoca a queda dos cabelos
Isso acontece após processos inflamatórios em homens e mulheres
Publicado em 19/04/2021 às 13:31 Ítalo
Médicos constatam que Covid-19 provoca a queda dos cabelos

Médicos dermatologistas estão constatando um aumento nas queixas de queda de cabelo em pessoas que tiveram Covid-19. “A cada quatro pacientes que tiveram Covid-19, pelo menos um apresenta essa queda de cabelo pós Covid”, relata Fátima Tubini, dermatologista da Academia da Pele. Segundo a médica, não há distinções entre homens e mulheres, pois a condição se manifesta em ambos os sexos. As mulheres, no entanto, tendem a buscar ajuda médica com maior frequência ao notarem o problema. “A queda de cabelo pós Covid-19 não é uma novidade. Essa queda acontece após processos inflamatórios. Só que a gente percebe que está sendo mais precoce e pode ocorrer até um mês depois da doença”, explica a dermatologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, Silvana Lessi Coghi.

O ciclo de crescimento do cabelo conta com três fases: anágena, catágena e telógena. A primeira é uma fase de crescimento, que abrange o tempo de crescimento e de permanência dos fios no couro cabeludo. A catágena é a preparação para a queda, uma fase de degradação que é seguida pela fase telógena, onde há, de fato, a queda dos fios. “A Covid-19 pode provocar uma inflamação nos folículos pilosos [estruturas responsáveis pelo crescimento dos pelos], levando a algo que chamamos de eflúvio telógeno”, complementa Fátima Tubini. De acordo com a dermatologista, no eflúvio telógeno, o cabelo passa mais rapidamente para a fase de queda, como se os fios durassem menos. Nessa situação, a queda diária de cabelo, costuma ser de 150 fios a 300 fios. Além da inflamação, o estresse também pode ser um fator para a queda de cabelo.

“Tanto o estresse pela doença, quanto o estresse por toda a situação do isolamento social, a preocupação. É uma somatória de fatores que fazem com que esse cabelo possa cair excessivamente pós Covid-19”, reforça Tubini.

IMAGENS: Fotos ilustrativas

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também