Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Pilates mobile topo
Anúncio - BANNER MOBILE NIVER 62 ANOS
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - Campanha Obras
Anúncio - USE MASCARA MOBILE
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - TOP LIFE RODAPE
AMARELOU?
Entenda por que a Icterícia Neo-Natal ocorre
Doença que deixa a pele dos bebês amarela é comum e de fácil tratamento
Publicado em 13/07/2020 às 14:17 Ítalo
Entenda por que a Icterícia Neo-Natal ocorre

A partir do terceiro dia de vida, o bebê começa a apresentar uma coloração amarelada na pele. Pode ser Icterícia Neo-Natal.

A doença é resultado do excesso de Bilirrubina no sangue do bebê. Essa substância é fabricada pelo fígado, tem coloração amarelada e normalmente permanece no plasma sanguíneo até ser eliminada na urina.

Se o bebê está apresentando altos níveis de Bilirrubina é porque seu organismo não está conseguindo eliminá-la por meio da urina. Isso pode ocorrer por conta da incompatibilidade de sangue entre mãe e filho, ou pode ocorrer se o bebê estiver tendo dificuldades para mamar.

A Icterícia é comum, atinge cerca de 60% dos recém-nascidos e só oferece maiores riscos se não for tratada: A bilirrubina pode afetar o funcionamento cerebral.

Ao ser identificada, a Icterícia deve ser tratada rapidamente por meio de banhos de sol ou (em caso de não haver incidência solar regular) com banhos de luz incandescente. A luminosidade atinge diretamente a estrutura do pigmento, diluindo-o e eliminando-o. Simples, né?!

O bebê deve ser avaliado diariamente, até a normalização dos níveis de bilirrubina. Apenas em casos onde a Icterícia estiver relacionada ao mau funcionamento do fígado é que o médico vai indicar outros tipos de tratamentos.

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também