Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
ESPETÁCULO IMPERDÍVEL!
“Vidas Secas” em Umuarama em maio
Um clássico da literatura brasileira, que eternizou Graciliano Ramos
Publicado em 26/04/2018 às 08:13 Italo
“Vidas Secas” em Umuarama em maio

Pela primeira vez em turnê pelo Estado do Paraná, a companhia ítalo-brasileira Caravan Maschera apresentará uma surpreendente adaptação do clássico “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos, com bonecos, máscaras e sem palavras. O espetáculo se percorrerá um extenso roteiro de 14 cidades do interior do estado integrando o Programa Circuito Cultural do SESI/PR.

Em Umuarama, a encenação está marcada para o dia 23 de maio, às 20 horas, no teatro do Centro Cultural, no Centro Cívico. O ingresso: 1 kg de alimento não perecível.

O espetáculo não pretende “ilustrar” a temática da obra de Graciliano Ramos “Vidas Secas”. O que se quer mais é o estabelecimento de um diálogo entre a interpretação subjetiva do público e os sentimentos e sensações do livro. O texto é revisitado na forma de signos teatrais por meio de bonecos, máscaras e quase sem diálogos.

Uma peça imagética que transforma continuamente os signos, os significados e os sentidos do contexto atual e histórico da seca, da angústia e da esperança do sertanejo que transcende os regionalismos geográficos e a temporalidade das épocas.

“VIDAS SECAS”, UMA OBRA ETERNA!

“Vidas Secas”, romance publicado em 1938, retrata a vida miserável de uma família de retirantes sertanejos obrigada a se deslocar de tempos em tempos para áreas menos castigadas pela seca. A obra pertence à segunda fase modernista, conhecida como regionalista, e é qualificada como uma das mais bem-sucedidas criações da época.

O estilo seco de Graciliano Ramos, que se expressa principalmente por meio do uso econômico dos adjetivos, parece transmitir a aridez do ambiente e seus efeitos sobre as pessoas que ali estão. (ITALO FÁBIO CASCIOLA)

www.colunaitalo.com.br

Com bonecos, máscaras e sem palavras, a companhia ítalo-brasileira Caravan Maschera encanta plateias pelo Brasil afora com a surpreendente adaptação do clássico “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos.

Comentários
Veja também