Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner mobile
Anúncio - BANNER NOVO MOBILE SETEMBRO
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - NATAL MOBILE
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - A FORÇA QUE UMUARAMA PRECISA MOBILE
ELES FICARAM EM CASA...
Onda gelada deu fim a festas na noite
Os festeiros de Umuarama sumiram: bares fechados e ruas vazias...
Publicado em 21/07/2021 às 11:44 Italo
Onda gelada deu fim a festas na noite

Só mesmo uma onda gelada como esta que estamos atravessando desde a semana passada para resolver o problema que antes ninguém conseguiu colocar fim com decreto nem com blitz policial: as festas nas noites e madrugadas que vinham acontecendo na Capital da Amizade desde o início da pandemia. Mas a chuva da última sexta-feira (16) e o frio congelante do final de semana dispersaram as aglomerações e a circulação de pessoas fora do horário de restrição em Umuarama. Foi um toque de recolher que impediu os grupos de farristas de sair de casa para ir às festas em chácaras, em bares e lanchonetes, em praças e ao redor do Lago Aratimbó...

FISCALIZAÇÃO CONFIRMA ESSA REALIDADE

O próprio coordenador da Vigilância Sanitária, Franzimar Morais, concorda que a mudança brusca das temperaturas colaborou para a mudança de cenário que predominava na cidade. Franzimar, ao informar o saldo da operação integrada de fiscalização ao cumprimento dos decretos municipal e estadual com medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus, confirmou os resultados provocados pela ação climática.

A Guarda Municipal, com apoio da Polícia Militar, circulou pelas principais ruas e avenidas da região central e também nos bairros da cidade. Na sexta-feira a Guarda recebeu (apenas) duas denúncias – de aglomeração e atendimento fora do horário permitido –, contra um ferro-velho da Avenida Olinda e uma conveniência na rua Cambé (zona 1). Antes aconteciam dezenas de denúncias e protestos da população com relação a todo tipo de festividades na área urbana.

“A chuva espantou o pessoal. Neste dia realizamos quatro dispersões de aglomeração e uma orientação a lanchonete sobre horário de funcionamento”, comentou Franzimar. No sábado (17), entre as 7 e a 1 hora da manhã, a central da GMU recebeu denúncia de festa na Rua Antônio Antunes Siqueira, onde segundo o solicitante havia um grande número de pessoas. A situação foi repassada ao Plantão da Vigilância Sanitária. Foram fiscalizados um bar no Conjunto Sonho Meu (aglomeração), bar e lanchonete na Praça Sete Setembro (aglomeração e mesas na calçada), bar na Praça Anchieta (aglomeração).

Foram notificados um bar na Avenida Maringá, uma chácara na Estrada Dias, um estabelecimento na Praça dos Xetá com as portas fechadas e aproximadamente 70 pessoas no interior e mais um bar na Rua Anhumai. Encerrando o final de semana, houve reclamação de aglomeração no shopping, que foi repassada à Vigilância Sanitária para fiscalização. Para confirmar a mudança, basta comparar o número gigante de casos de desobediência com o número de denúncias neste fim de semana: dá para contar nos dedos de APENAS UMA MÃO!

MUITOS TORCEM PARA QUE O FRIO CONTINUE...

O Portal ITALO recebeu incontáveis de mensagens de leitoras e leitores, todos unânimes torcendo para que o inverno continue congelante em Umuarama, pois isso vai contribuir fortemente para facilitar o combate à covid-19, evitando aglomerações que só causam graves preocupações às famílias umuaramense, que correm risco de ser contaminadas por aqueles que não respeitam as leis sanitárias e promovem e participam dessas farras reunindo centenas de jovens... (ITALO FÁBIO CASCIOLA)

FOTO DA CAPA: Mayara Cristina

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também