Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - CAMPANHA NIVER 63 ANOS
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - Matriculas Abertas
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
A MELHOR NOTÍCIA:
Covid: Bolsonaro confirmou a vacina!
Serão 350 milhões de doses de imunizantes para 2021
Publicado em 17/12/2020 às 08:20 Italo
Covid: Bolsonaro confirmou a vacina!

O Governo Federal lançou oficialmente na manhã da quarta-feira (16) o plano nacional de vacinação contra a Covid-19. A cerimônia aconteceu no Palácio do Planalto, em Brasília, e contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro da Saúde Eduardo Pazuello, e de governadores e parlamentares. De acordo com o governo, nesta primeira etapa, que deve durar quatro meses, 51 milhões de pessoas serão vacinadas. Isso exigiria, então, 108, 3 milhões de doses já que cada pessoa tomará duas doses e, conforme estimativas, há uma perda de 5% de vacina decorrente dos processos de transporte e aplicação. Ainda segundo o Governo Federal, a vacinação no Brasil deve ser concluída em 16 meses. Após a primeira fase com foco nos grupos prioritários, seriam necessários mais 12 meses para imunizar a “população em geral”.

O PLANO DE IMUNIZAÇÃO

Ainda não está oficializada a data para começo da vacinação, mas o Ministério da Saúde afirma já negociar cerca de 350 milhões de doses de imunizantes para 2021. O plano mantém quatro fases de vacinação de grupos prioritários, sendo que as três primeiras devem imunizar 49,65 milhões de pessoas. O governo também volta a considerar a população carcerária como parte do grupo prioritário para vacinação. Nessa etapa inicial, a ideia é usar doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, que será fabricada pela Fiocruz, além de aplicar a vacina da Pfizer em profissionais de saúde de capitais e regiões metropolitanas que atuaram na pandemia. A ideia é receber 2 milhões de doses da Pfizer no primeiro trimestre de 2021.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DA VACINAÇÃO:

Veja, abaixo, a programação para os quatro meses de vacinação dos grupos prioritários. Cada um deles deverá ser imunizado em um único mês.

PRIMEIRA FASE: trabalhadores de saúde, pessoas com idade acima de 75 anos, pessoas de 60 anos ou mais que estejam institucionalizadas (em abrigos ou asilos, por exemplo) e indígenas (29.909.040 doses)

SEGUNDA FASE: pessoas de 60 a 74 anos que não estejam em instituições de longa permanência (44.830.716 doses)

TERCEIRA FASE: pessoas com comorbidades (26.590.034 doses)

QUARTA FASE: professores (nível básico ao superior), forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional (7.012.572 doses)

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

O presidente Jair Bolsonaro com o mascote Zé Gotinha, durante o evento anunciando a vacinação contra a Covid-19.

Comentários
Veja também