Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Pilates mobile topo
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - USE MASCARA MOBILE
#VOLTAPRACASA!
Ordem, senão fecha tudo outra vez!
Em Umuarama filas lotam calçadas e não respeitam a lei! Quarentena pode voltar!
Publicado em 08/04/2020 às 10:16 Italo
Ordem, senão fecha tudo outra vez!

Na segunda-feira (6), primeiro dia de comércio de Umuarama funcionando pós quarentena, aconteceu o que se temia: longas filas se formaram nas calçadas dos bancos, lotéricas, lojas... As filas são permitidas, mas o que é proibido é a aglomeração desordenada, grupos acotovelados, todos com pressa de ser atendidos ao mesmo tempo...

Circulando pela Avenida Paraná, a artéria central que reúne a maior parte do comércio de Umuarama foi possível observar, principalmente nos horários de pico, gente por todos os lados, indo e vindo, entrando e saindo, formando filas e sem o mínimo respeito à distância que deve ser obedecida entre um e outro cidadão (2 metros).

O detalhe é que, mesmo depois de tantos conselhos e advertências orientando que idosos e crianças não devem sair de casa, foi grande o número de umuaramenses desses dois grupos que correram para as lojas e movimentaram as calçadas da principal via pública da Capital da Amizade.

Vale lembrar que o prefeito Celso Pozzobom se reuniu antes com o empresariado para atender as reivindicações de reabertura do comércio, ele deixou bem claro a todos por repetidas vezes de que deveriam cuidar para impedir aglomerações em suas lojas – tanto no interior delas como nas filas que se formariam nas calçadas em frente de cada uma... Mas, pelo que se viu na segunda-feira, foi impossível cumprir a promessa do cumprimento das normas do decreto de fim da quarentena em Umuarama.

No começo, até que estava tudo organizado, tudo transcorria na mais completa ordem. Mas, com o passar das horas, o comportamento foi mudando e as multidões esqueceram do perigo da contaminação do terrível coronavírus. Todos estavam mais preocupados em comprar, gastar, recuperar o tempo e a liberdade perdidos em suas casas durante as duas semana em que a cidade permaneceu fechada...

SE CONTINUAR ASSIM, VAI FECHAR TUDO OUTRA VEZ!!!

Diante da situação de desobediência ao que foi combinado com os líderes empresariais e aos conselhos divulgados para a comunidade cumprir as normas de Saúde Pública, comprovada com as imagens que se viram no centro da cidade, o prefeito de Umuarama anunciou que precisará tomar medidas enérgicas se as pessoas não se comportarem como determina o decreto que liberou as vendas e compras.

Pozzobom alertou claramente a retomada da quarentena: “Hoje de manhã (segunda, 6) chegando na Prefeitura percebi que aquilo que acertamos sábado, depois de muito entendimento com os órgãos, não surtiu efeito! Estamos com grandes filas nas redes bancarias, lotéricas, comércio e mercados”, lamentou descontente com o que estava acontecendo...

Anotem para conferir depois: Se esse comportamento continuar e tiver agravamento de pessoas infectadas, ele vai retomar o fechamento dos setores do comércio, indústria e serviços. E voltou a aconselhar: “Não procurem os supermercados e os bancos em horário de pico. Parece que a conversa do prefeito não está chegando ao ouvido de quem precisa. Idosos fiquem em casa e mães não levem os filhos nos supermercados.! Deixem as pessoas que podem trabalhar!”, pediu.

O prefeito foi claro e bem direto em seu alerta: “Os casos de infectados e mortos nos grandes centros estão se agravando e a administração municipal não quer tal situação em Umuarama!!!”.

PREFEITO MANDA AVISO AOS EMPRESÁRIOS:

Ainda em seu pronunciamento Pozzobom disse que avisou os empresários para cuidarem dos seus trabalhadores, das pessoas que vão ter acesso às suas lojas: “Deixem os materiais de higiene à mão e não aglomerem pessoas. Isoladamente ninguém fica aberto, se tiver que voltar no decreto vamos voltar e não adianta fazer protesto na frente da Prefeitura, pois estamos seguindo orientação do Ministério da Saúde e Secretária da Saúde! Queremos dar segurança para todos, mas as pessoas precisam colaborar!”, finalizou.

Portanto, ficou bem claro: Se a quarentena voltar a vigorar em Umuarama, ela foi provocada pela própria população e não imposta pela Prefeitura! E vai fechar tudo outra vez! É isso: A VIDA ESTÁ ACIMA DE TUDO!!! (ITALO FÁBIO CASCIOLA)

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também