Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner móbile
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
NEUROCIÊNCIA
Como driblar o fracasso no Enem?
Método Supera ajuda na busca de melhores resultados
Publicado em 06/02/2019 às 17:15 Italo
Como driblar o fracasso no Enem?

O resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi divulgado! O período de volta às aulas chegou! Você não conseguiu aquele resultado esperado em 2018? Muita calma nessa hora! Que tal pensar em uma alternativa inovadora que pode potencializar suas habilidades e sua performance nos estudos?

Com tanta concorrência, é necessário se destacar dos demais. Uma das soluções que pode te ajudar a conseguir aquela vaga tão sonhada e potencializar os seus estudos é a prática da ginástica cerebral. Os avanços da neurociência comprovam que a estimulação cognitiva e a prática de atividades que instigam o cérebro podem desenvolver habilidades essenciais para os estudantes.

“A ginástica para o cérebro é baseada no conceito de neuroplasticidade cerebral, já comprovado pela neurociência. A ideia principal é a de que o cérebro pode se desenvolver de acordo com estímulos externos”, diz a diretora pedagógica nacional do Método SUPERA, Solange Jacob.

Com a prática, além de ter uma rotina de estudos organizada, os alunos podem treinar a concentração e foco, essenciais para o bom desempenho em provas e vestibulares – como o ENEM, em que cada minuto é precioso – e melhor absorção dos conteúdos e temas a serem estudados.

A aluna do SUPERA de Ribeirão Preto, SP, Eduarda Villiod, 19 anos, percebeu os resultados em apenas três meses do curso: “Minha concentração melhorou muito de um tempo para cá. Fiquei muito mais confiante para fazer as provas e simulados. Me sinto mais confiante para fazer o ENEM”, conta Eduarda.

A aluna Júlia Zanetti, 20 anos, conquistou vaga em cinco universidades federais e deve uma parte dos seus resultados às aulas de ginástica cerebral: “Acho o curso fantástico! A atividade que mais gosto e que mais ajudou com certeza foi o ábaco.  Sempre tive problemas na escola com lógica e matemática e o ábaco com certeza melhorou muito meus resultados na área das exatas, principalmente durante os vestibulares. Senti um desenvolvimento também em interpretação de textos, uma vez que me ajudou a ter mais foco para me concentrar nos textos e questões das provas”, diz Júlia, aluna SUPERA em Bento Gonçalves, RS.

Milhares de alunos pelo Brasil estão apostando na ginástica para o cérebro para turbinar a performance e conquistar mais concentração, foco e raciocínio, habilidades essenciais para o sucesso nos vestibulares.

O método Supera

Desenvolvido pelo brasileiro Antônio Carlos Perpétuo em 2006, a ideia surgiu quando ele pesquisava ferramentas e recursos para ajudar o filho pequeno a se concentrar. O SUPERA é um curso que faz fronteira com a neurociência e que pode ser feito por pessoas de todas as idades.

Além de contribuir para o desempenho de estudantes, na preparação para vestibulares e concursos, o SUPERA aumenta a produtividade de profissionais, melhora o desempenho de atletas e mantém idosos ativos. Por estimular conexões neuronais, as atividades do método promovem mudanças de hábito e atitude, garantindo qualidade de vida. 

Hoje, com quase 13 anos de história, a rede de escolas de ginástica para o cérebro já treinou mais de 120 mil alunos e está presente em 350 unidades espalhadas por todos os estados do Brasil.

Dentro das salas de aula do Método SUPERA, o aluno entra em contato com um método inovador, que consiste na prática do ábaco – instrumento milenar para cálculo; exercícios cognitivos, jogos educativos de tabuleiro e virtuais, dinâmicas em grupo e a prática da neuróbica – exercícios praticados no cotidiano que ativam os neurônios.

O método traz resultados que impactam positivamente no desenvolvimento das habilidades cognitivas e socioemocionais, estimulando os alunos a pensar fora da caixa e ter uma boa desenvoltura para enfrentar desafios; além de proporcionar resultados no raciocínio lógico e na concentração.

Por meio do convívio com os outros alunos, jogos e dinâmicas educativas realizadas em sala de aula, o aluno desenvolve espírito colaborador, habilidade para estar aberto a novas ideias, lidar com desafios, comunicação, superação de conflitos e autoconfiança.

Para fazer uma aula gratuita, acesse https://metodosupera.com.br/aula-gratis-ads/ e reserve seu horário.

Tatiana Olivetto – Assessoria de Imprensa Método SUPERA

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também