Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
ESTA É A REALIDADE!
Umuarama tem 30 mil endividados!
Dívida dos consumidores ultrapassa os R$ 14 milhões, revela a ACIU!
Publicado em 05/07/2018 às 08:42 Italo
Umuarama tem 30 mil endividados!

O número de inadimplentes na região de Umuarama aumentou 2,3% em um ano e chegou a 31.269, conforme relatório divulgado pela ACIU (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama), responsável por administrar os bancos de dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e do Serasa. O total da dívida acumulada está em R$ 14,1 milhões, 4% a mais que no ano anterior e inclui as cidades e os distritos de Umuarama, Cafezal do Sul, Mariluz, Perobal e Xambrê.

O aumento registrado no período entre maio de 2017 e maio de 2018 ficou dentro da média brasileira – 2,78% – e em números absolutos estima-se que aproximadamente 63,3 milhões de brasileiros estejam com o CPF restrito para fazer compras a prazo ou contratar crédito.

Na avaliação do presidente da ACIU, Orlando Luiz Santos, apesar de a economia brasileira já estar dando sinais de melhora, a inadimplência do consumidor continua elevada, pois a recuperação do crédito é um tanto lenta.

“Por mais que o país tenha caminhado para superar a recessão, o mercado de trabalho continua desaquecido, os juros cobrados do consumidor ainda não caíram no mesmo ritmo da Selic e a perda de renda real dos últimos anos ainda não foi recuperada”, analisa.

O relatório também revela que a maior parte dos inadimplentes está concentrada entre os consumidores com idade de 30 a 39 anos: 24,7%. Na sequência estão os consumidores de 40 a 49 anos, que somam 24,5%, e os com 50 a 64 anos, marcando 24,3%. Os de idade mais avançada, compreendidos na faixa dos 65 a 84 anos de idade, somam 13% das pessoas com contas em atraso. A população mais jovem, que vai de 18 aos 24 anos, forma um contingente de 9,3% de negativados e finalmente os com idade entre 25 e 29 anos representam 7,8% dos devedores.

O presidente da ACIU observa que a faixa etária dos 30 anos é uma fase da vida em que as pessoas recebem muitas atribuições financeiras, que se não bem administradas podem levar à inadimplência.

“É um momento em que muitos casam, têm filhos e conquistam um emprego melhor. Já a inadimplência elevada entre os mais velhos é explicada, em parte, pela permanência maior dessas pessoas no mercado de trabalho. Trata-se, também, de um momento em que as pessoas têm gastos mais elevados com saúde, por exemplo”, explica, acrescentando que a maioria dos consumidores inadimplentes é composta por mulheres – 56,4% –, contra 43,6% de homens.

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também