Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - CAMPANHA NIVER 63 ANOS
Anúncio - Matriculas Abertas
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
EXPERIÊNCIA INÉDITA!
Cidade com mais de 100 mil habitantes será vacinada num só dia!
É Botucatu, interior de São Paulo, e tem o tamanho de Umuarama
Publicado em 11/05/2021 às 16:00 Italo
Cidade com mais de 100 mil habitantes será vacinada num só dia!

A cidade de Botucatu, no interior do Estado de São Paulo, anunciou que irá fazer a vacinação em massa da população, contra a COVID-19, em um único dia. Para se ter uma ideia do porte dessa realização vale destacar que são 106.000 habitantes! A medida vai acontecer como uma forma de testar a eficácia do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford com a AstraZeneca. A prefeitura da cidade já assinou um acordo de cooperação com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) para que os cartórios eleitorais auxiliem no processo de imunização, que deve funcionar como se fosse um dia de eleição.

A ideia do projeto veio de pesquisadores da Universidade Estadual Paulista, a Unesp, e cerca de 1,2 mil mesários e servidores que trabalharam nas eleições do ano passado se voluntariaram para ajudar na vacinação dos habitantes da cidade. A data deverá ser oficialmente anunciada nos próximos dias, já está certo de que a imunização deve acontecer ainda em maio e deve atingir as mais de 100 mil pessoas, todas com mais de 18 anos, com exceção dos idosos que já receberam a vacina. Serão 45 locais de votação transformados em postos de vacinação, com os voluntários atuando nas seções eleitorais em que trabalharam nas eleições.

Eles receberão a vacina antes do restante das pessoas e serão responsáveis por preparar o cadastro dos eleitores que serão imunizados, fazendo a triagem dos documentos e, então, a liberação. Os voluntários, no entanto, não terão direito a um dia de folga no trabalho como acontece na época eleitoral. O estudo está programado para durar oito meses, incluindo a aplicação de duas doses e o acompanhamento dos vacinados.

O projeto de vacinação em massa também irá analisar o efeito nas populações de cidades vizinhas. No dia, caso a pessoa resida em Botucatu mas não seja eleitora na cidade, ela deve se dirigir ao local com um comprovante de residência.

FONTE: Agência Brasil, Brasília

 WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também