Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - BANNER NOVO MOBILE SETEMBRO
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - A FORÇA QUE UMUARAMA PRECISA MOBILE
DINHEIRO NA MÃO!
Caixa paga hoje mais um auxílio emergencial
Desta vez é para os nascidos em abril
Publicado em 06/11/2020 às 06:43 Italo
Caixa paga hoje mais um auxílio emergencial

Os beneficiários do Auxílio Emergencial que nasceram em abril vão receber a prestação no valor de R$ 300 nesta sexta-feira (6). Esta é mais uma parcela que a Caixa Econômica Federal depositará depois de iniciar os pagamentos da 7ª parcela do programa. Denominado Ciclo 4, o calendário prevê também pagamento no domingo. O dinheiro ficará disponível apenas para movimentações na conta digital da Caixa Econômica Federal, pelo aplicativo Caixa Tem. Os nascidos em abril que foram aprovados e aguardavam as demais prestações também vão receber o auxílio. A parcela dependerá de quando o beneficiário foi aprovado e começou a receber o benefício. Os nascidos em janeiro já têm acesso ao valor. Até domingo (8), além dos nascidos em março e abril, quem nasceu em maio também receberão o auxílio emergencial. A última data de pagamento do Ciclo 4 do calendário do auxílio é dia 20 de novembro. Na ocasião, será a vez dos nascidos em dezembro receberem sua parcela. CONFIRA AS DATAS Calendário do Ciclo 4 de pagamentos do auxílio emergencial: cuidado com os prazos! É importante que os beneficiários do auxílio emergencial fiquem atentos aos prazos para saque. As parcelas não sacadas até 90 dias depois do crédito na conta poupança digital da Caixa retornam automaticamente para os cofres da União. A exceção são os cerca de 19 milhões de inscritos do Bolsa Família, que terão até 270 dias (nove meses) para sacar o benefício. Segundo a Caixa, a devolução de uma parcela para a União não interfere no pagamento das parcelas seguintes. Caso o beneficiário perca o prazo de uma parcela, continuará a receber as demais parcelas normalmente.

FONTE: Caixa Econômica Federal

 WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também