Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - Pilates mobile topo
Anúncio - banner mobile
Anúncio - TOP LIFE RODAPE
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - CAMPANHA FIQUE EM CASA
Anúncio - MOMENTO SUPERA
Anúncio - banner rodape
ASSISTA O VÍDEO:
É um absurdo: Índice de isolamento social é de apenas 15% em Umuarama!
Prefeito Celso Pozzobom pede cuidado à população para não correr riscos
Publicado em 17/06/2020 às 14:58 Italo
É um absurdo: Índice de isolamento social é de apenas 15% em Umuarama!

Em uma transmissão ao vivo pela fanpage da Prefeitura de Umuarama na rede social Facebook, na terça-feira o prefeito Celso Pozzobom fez um relato à comunidade sobre o índice de isolamento social no município, alertando que atualmente gira em torno de 15% a 20% apenas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, e com dados da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, a estimativa, desde o início da pandemia do novo coronavírus, segue como base o percentual da população que integra os grupos de risco e trabalhadores de atividades cujo funcionamento ainda não foi autorizado – como é o caso do setor de eventos, por exemplo.

Como os demais segmentos da economia (comércio, indústria, serviços e agropecuária) estão ativos, embora com algumas restrições, a secretaria estima um índice de isolamento social no município gira entre este percentual.

“Sair de casa com suspeita ou testado positivo para coronavírus é crime conforme o artigo 268 do Código Penal (“Infringir determinação do poder público destinada a impedir a introdução ou propagação de doença contagiosa”) e a pena é detenção de um mês a um ano e multa”, lembra o prefeito Pozzobom.

GEOLOCALIZAÇÃO PARA MONITORAR UMUARAMA

Por outro lado, a tecnologia de geolocalização ajudará o governo a identificar aglomerações e avaliar o índice de isolamento social em cada município. Empresas como a Google, dona do Google Maps, e o Facebook (WhatsApp e Instagram), armazenam os deslocamentos dos usuários e esses dados poderão ser utilizados para identificar os pontos de aglomeração, seja em nível nacional ou estadual.

De acordo com a Secretaria de Comunicação (Secom), o governo federal anunciou que esse tipo de cruzamento de dados será usado para monitorar aglomerações e direcionar políticas públicas de saúde. Com isso é possível enviar equipes de fiscalização às áreas onde foram detectadas as aglomerações. Poderão ser disponibilizados ainda carro de som passando por locais movimentados e o envio de SMS com orientações e alertas para os clientes das operadoras.

“O objetivo é monitorar a mobilidade populacional, deslocamentos, pontos de aglomeração, situações de concentração de pessoas e risco de contaminação pelo novo coronavírus”, cita a Secom em nota.

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também