Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - BANNER MOBILE NIVER 62 ANOS
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Pilates mobile topo
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - USE MASCARA MOBILE
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - TOP LIFE RODAPE
Anúncio - banner rodape
Anúncio - Campanha Obras
SAÚDE MENTAL
Como não se sentir sozinho na quarentena? Como fugir da solidão?
Nada de tristezas, vamos ocupar nosso tempo com o que há de bom
Publicado em 29/03/2020 às 11:11 Italo
Como não se sentir sozinho na quarentena? Como fugir da solidão?

Durante a pandemia do Covid-19, o distanciamento social é essencial. Com as pessoas fazendo autoisolamento, quarentena ou trabalhando em casa, um novo problema pode aparecer nas pessoas ou agravar um problema já existente: a solidão. Pessoas solitárias são mais propensas a sofrer de pressão alta, doenças cardíacas, depressão e demência.

Mas o que fazer para não se sentir tão sozinho nesse momento tão difícil? Informações da empresa Cigna pré-coronavírus mostram que a solidão atinge mais os jovens. Com 79%, a “geração Z” diz que se sente mais desconectada. Os millenials — geração que nasceu após o ano 2000 — também se sentem sozinhos. São 71% que dizem estar assim. A solidão também demonstrou diminuir o desempenho no trabalho, a criatividade, o engajamento e o compromisso com a organização.

Mas como é possível se manter saudável e menos sozinho durante a quarentena? O E-Dublin mostra algumas dicas de como interagir mesmo em casa, sem a companhia de ninguém, absolutamente sós!

APROVEITE AS REDES SOCIAIS

Quem está conectado já deve ter percebido a quantidade de “lives” que as pessoas estão fazendo durante a quarentena. Pode parecer até piegas, mas é uma forma de interagir e se sentir perto dos amigos, parentes e até fazer novas amizades. As lives chegaram com tudo durante o isolamento. São artistas, profissionais de diversas áreas dando dicas e, até mesmo, amigos que ficam alguns momentos ao vivo na internet para conversar.

Até mesmo quem não tinha muito o costume de acompanhar essa evolução tecnológica está aderindo. Festivais online estão disponíveis, com interação entre artistas e público sem sair de casa.

INTERAJA EM REDES SOCIAIS

Participar de grupos de estudo, conversação, quiz sobre assuntos de que você gosta pode auxiliar na distração e na interação enquanto se está sozinho durante a quarentena. O aplicativo QuizUp é um deles. Você pode escolher um assunto e responder perguntas sobre aquilo que mais interessar.

CRIE GRUPOS DE AMIGOS

Videoconferências já não são, há tempos, uma facilidade para reuniões empresariais. Por que não unir amigos do Brasil e de todas as partes do mundo na tela do celular ou computador? O coronavírus acabou mudando a relação das pessoas na internet. WhatsApp e Instagram são alguns dos mais comuns para esse tipo de conversa a distância, mas muitos outros podem garantir uma interação ainda maior. Não dá para ter a desculpa de falta de tempo ou de tecnologia para conversar com quem mais se ama ou até reencontrar amigos que há muito tempo não via...

LEIA UM LIVRO

Há quem diga que um livro nunca decepciona quando o assunto é solidão. Ter a companhia de uma boa gama de páginas para devorar pode ser o antídoto para não se sentir sozinho. Quando se entra em uma história, é possível colocar o cérebro para viajar e ser acompanhado pelas palavras do autor ou, até mesmo, com os personagens daquela história.

E com a poderosa internet ninguém mais é obrigado a sair de casa para ir até uma biblioteca à procura de cultura e entretenimento. Nela você encontra várias formas de ler livros gratuitamente durante a quarentena. A Amazon disponibilizou vários títulos gratuitamente. Editoras como a Companhia das Letras e a L&P Editora também colocaram produtos disponíveis para leitura online.

ESTEJA ACOMPANHADO DE SI MESMO

A solidão também pode ser uma forma de contato consigo mesmo. Estar só pode ser algo bom. Cuidar de si como praticar exercícios físicos, meditação, uma rotina de cuidados com a pele, com os dentes. Quando ainda não havia chegado esse tal de Coronavírus, a gente vivia num corre-corre da vida. Trabalho, escola, bancos, enfim, um montão de tarefas e se esquecia de ‘conversar consigo mesmo’... Agora tem essa chance de se ajudar, mas desde que direcione seus pensamentos para boas lembranças, para assuntos interessantes e divertidos. Nada de baixo astral!

FAÇA ATIVIDADES LÚDICAS

Todo mundo tem um lado artístico e se não tem pode conhecer durante o confinamento por causa do novo coronavírus. Pegue aquele violão empoeirado, dedilhe as cordas, tire uma música favorita. Utilize sites de cifras e cante sem parar. Ou preencha uma folha em branco com suas ideias, poemas, que tal desenhar? Nem sempre pode sair uma obra de arte, mas criar estimula o cérebro e ajuda a combater a solidão. Não tem papel e caneta? Use seu computador. Tem vários aplicativos bacanas para desenhar e colorir.

No mais, basta seguir algumas dessas dicas e vencer a chatice de viver sozinho – e, o mais importante, ficar no conforto de seu lar, mesmo sozinho, curtindo bons momentos e protegendo a vida, sem se arriscar sair às ruas para encontrar a alegria. Ela está de nosso lado, basta otimismo e lembrar-se disso. E, de repente, seguindo assim, venceremos a quarentena e estaremos livres desse momento terrível que estamos vivendo. E, ajuda também pensar que não somos apenas nós que estamos nessa situação. O mundo inteiro está no mesmo barco. Portanto, vamos ocupar nosso tempo enquanto navegamos rumo a dias melhores! É isso!!! (ITALO FÁBIO CASCIOLA)

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também