Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Pilates mobile topo
Anúncio - MOMENTO SUPERA
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
Anúncio - TOP LIFE RODAPE
Anúncio - CAMPANHA FIQUE EM CASA
QUEM VENDE, COBRA!!!
Dívida de umuaramenses chega a R$ 12 milhões!
Depois da gastança, vem a cobrança! Senão vira ‘seprocado’...
Publicado em 31/01/2020 às 15:18 Italo
Dívida de umuaramenses chega a R$ 12 milhões!

A inadimplência em Umuarama caiu no último ano, apesar de toda a turbulência na economia brasileira. O número de inclusões de devedores no SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) foi 25,57% menor, conforme informou a Aciu (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama), responsável por manter o banco dados. Em contrapartida, as exclusões – quando o cliente paga a conta e tira seu nome da lista – também foram 16,5% menores em 2016, em um comparativo com o ano anterior.

Segundo o presidente da Aciu, Orlando Luiz Santos, a leitura que se pode fazer é que o consumidor está mais atento e fazendo compromissos com maior prudência. “O aumento na taxa de desemprego, a redução dos ganhos e a instabilidade da economia fizeram com que houvesse o trabalhador agisse com mais responsabilidade, principalmente nas compras financiadas (a prazo). As pessoas estão preferindo comprar à vista, utilizando cartões de débito ou crédito ou ainda juntando o dinheiro para fazer a compra com segurança”, analisa.

A entidade divulgou ainda que o banco de dados do SCPC de Umuarama – que inclui várias cidades da região – possui hoje 25.077 pessoas com o nome comprometido. “Se considerarmos a população total dos municípios que compõem conosco o banco de dados do SCPC Aciu, dá 15% de inadimplentes. Há cidades brasileiras que têm mais de 40% da população endividada, mesmo no Paraná, então não se trata de um número alarmante”, comenta o presidente. Ele acrescenta que o valor da dívida registrada no SCPC chega a R$ 12 milhões.

Santos destaca ainda que é fundamental as empresas registrarem os consumidores inadimplentes no banco de dados do SCPC o quanto antes. “Estudos comprovam que quanto mais cedo o consumidor devedor for notificado, maiores serão as chances de ele tentar negociar a dívida. Por isso nossa instrução é sempre para que nosso associado envie a negativação já a partir de 30 dias de atraso. E lembrando que é muito perigoso fazer vendas sem consultar o banco de dados do SCPC. Consulte sempre”, finaliza.

FONTE: Informações da Aciu

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Comentários
Veja também