Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - PIZZA
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Móbile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - Móbile rodapé novo
Anúncio - Móbile
Anúncio - Banner Mobile
Anúncio - Bairro Saudavel novo
USG GESTACIONAL
Perguntas e respostas sobre ultrassom na gravidez
Doutora Camila Lopes, da Clínica Fontaine, tira as suas dúvidas
Publicado em 24/12/2018 às 10:01 Ítalo
Perguntas e respostas sobre ultrassom na gravidez

Dentre os exames pedidos durante o pré-natal, a ultrassonografia está entre os mais comuns.

A ultrassonografia é uma tecnologia que se baseia em ondas sonoras com frequência superior a que nós somos capazes de ouvir. Por meio das ondas sonoras, as imagens são formadas e avaliadas pelo médico especialista em exames de imagem.

Diferentemente da radiografia, a Ultrassonografia não tem radiação e por isso é um exame seguro para a mamãe e para o bebê.

Embora muito comum, a ultrassonografia ainda gera dúvidas, especialmente às mamães de primeira viagem. Para responder às dúvidas, a médica Camila Lopes, da Clínica Fontaine explica a importância do exame durante a gravidez.

Quantas vezes o médico obstetra vai pedir exame USG durante a gestação?

Em uma gestação normal, o médico obstetra solicita entre dois e quatro exames de ultrassonografia. Dentre estes, ainda pode solicitar que um seja feito com a função Doppler, que avalia a circulação sanguínea do feto, especialmente do cordão umbilical. 

Em casos específicos, o médico obstetra pode solicitar até um exame de ultrassonografia por mês, para acompanhar com cuidado o desenvolvimento do bebê.

Se o exame é feito por meio de ondas sonoras, isso não vai incomodar o bebê?

Não. Nesse exame a frequência sonora é tão alta que o ouvido humano é incapaz de ouvir ou sentir. O exame é inofensivo para a mamãe e para o bebê.

É possível ver a imagem do bebê desde os primeiros dias de gestação?

Não. Só é possível enxergar o embrião a partir da sexta semana de gestação (no ultrassom transvaginal) ou seja, pouco mais de um mês após a fecundação.

Antes disso é possível apenas observar sutis alterações na forma e tamanho do útero e em alguns casos é possível observar a bolsa amniótica em formação.


O que “translucência nucal”?

É um exame que rastreia alterações genéticas a partir da medida da nuca do bebê. Alterações como a Síndrome de Down podem ser identificadas ainda no primeiro trimestre de gestação.

O exame de ultrassom vai identificar qualquer problema?

Infelizmente nenhum exame oferece tanta precisão. Com o ultrasson é possível identificar até 90% de mal formações estruturais. É preciso considerar que algumas dessas mal formações são muito discretas e podem passar despercebidas devido à posição do bebê.

Quando é possível saber o sexo do bebê?

Entre a 14ª e 16ª semana de gestação, se a posição do bebê estiver favorável à visualização.

Que outras vantagens existem em fazer a ultrassonografia?

Na ultrassonografia é possível identificar algumas doenças cardíacas e do tórax do bebê. Com a identificação, é possível prever intervenções durante o parto e outras até mesmo intrauterinas.

Onde posso fazer a ultrassonografia?

Na Clínica Fontaine, claro! Você deve ter em mãos a solicitação do médico e agendar seu horário. Em Guaíra ou Umuarama, o Espaço Mulher da Clínica Fontaine oferece a privacidade e o atendimento que você merece!

CLÍNICA FONTAINE – GUAÍRA: Rua Comandante Moraes Rego, 98; telefone: (44) 3642-1814; celular/whatsapp: 99180-9898

CLINICA FONTAINE – UMUARAMA: Av. Dr. Ângelo Moreira da Fonseca, 3175; telefone (44) 3622-2012; celular/whatsapp: 99175-3175.

Por Anita Leite

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Anúncio - Banner Interno Anúncio - Dentista Anúncio - Interno novo Anúncio - Clarineis interno
Comentários
Veja também