Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - BANNER NOVO MOBILE SETEMBRO
Anúncio - 2 dose completa mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - Sustentabilidade móbile
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
GAMES
Vício em games é considerado doença mental
Comportamento exagerado em relação a eletrônicos é incluído na Classificação Internacional de Doenças
Publicado em 04/01/2018 às 10:28 Ítalo
Vício em games é considerado doença mental

O vício em games eletrônicos já é considerado uma doença mental pela Classificação Internacional de Doenças, um documento que define, descreve e classifica todas as patologias já descobertas. O documento foi publicado recentemente, na Inglaterra. 

Chamado "distúrbio de games" o vício nos eletrônicos foi categorizado sob os seguintes sintomas identificáveis: 

- não ter controle de frequência, intensidade e duração com que joga videogame;

- priorizar jogar videogame a outras atividades;

- continuar ou aumentar ainda mais a frequência com que joga videogame, mesmo após ter tido consequências negativas desse hábito;

Richard Graham, especialista em vícios em tecnologia do Hospital Nightingale, de Londres, afirma que nem todo jogador empolgado de games deve ser considerado um viciado e nem há a necessidade de tratamento. Considere se "o jogo está afetando atividades básicas, como comer, dormir, socializar ou ir à escola. Se a resposta for sim, então, pode ser um problema", completa Graham.

Ao incluir o vício em games na Classificação Internacional de Doenças, o comportamento inadequado pode ser tratado por especialistas e medicamentos, como outros transtornos. 

Por Anita Leite

www.colunaitalo.com.br

Comentários
Veja também