Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - BANNER NOVO MOBILE SETEMBRO
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - 2 dose completa mobile
Anúncio - Sustentabilidade móbile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
Anúncio - arte nova mobile
CIÊNCIA AVANÇADA
Mundo comemora teste da vacina contra a diabetes
Uma novidade que vai trazer benefícios a milhões de pessoas
Publicado em 26/03/2017 às 00:00 Ítalo
Mundo comemora teste da vacina contra a diabetes

A vacina contra o diabetes foi anunciada oficialmente e o mundo inteiro está comemorando uma novidade que vai trazer benefícios a milhões de pessoas no mundo todo.

Com o aval da FDA, os testes da fase intermediária foram realizados em 150 pessoas adultas que estavam em estado avançado da doença. A vacina recebeu o nome de bacilo calmette-Guerin (BCG) e o anúncio de sua aprovação foi realizado no último domingo (19), na 75ª Sessões Científicas da Associação Americana de Diabetes.

A doutora Denise Faustman, principal responsável pelo estudo e diretora do Laboratório de Imunobiologia do Hospital Geral de Massachusetts, localizado no estado de Boston foi quem fez o comunicado para a sociedade.

A doutora Denise explicou durante uma entrevista à Reuters que a vacina aumenta de forma temporária o nível de uma substancia chamada TNF – Fator de Necrose Tumoral, os níveis elevados desta substância eliminam do sangue as células que prejudicam os portadores do diabetes tipo 1.

A equipe responsável pela pesquisa descobriu durante um estudo preliminar que o uso de duas injeções de BCG administradas aos pacientes com quatro semanas de intervalo acabaram de forma temporária com as células que causam o diabetes.

 

NOVOS TESTES

A equipe da doutora Denise vai fazer um estudo mais prolongado no próximo verão. As inscrições de pacientes já tiveram início e englobará a faixa etária de 18 a 60 anos de idade. As pessoas que vão participar desta nova etapa do estudo vão ter níveis mais baixos, porém detectáveis de secreção de insulina.

O processo será o mesmo, serão administradas duas injeções da vacina com um período de intervalo de quatro semanas. Na sequência, serão aplicadas injeções anualmente nos próximos quatro anos de estudo.

Apesar do avanço positivo dos estudos, os especialistas precisam fazer testes em um grupo maior para avaliar com maior eficácia e de maneira segura a vacina. Além da necessidade de verificar o efeito deste tratamento em um prazo mais longo.

 

MAIS DE 400 MILHÕES DE DIABÉTICOS NO MUNDO!

O número de adultos que sofrem de diabetes no mundo quadruplicou desde 1980, devido sobretudo à obesidade, afirma o primeiro relatório global da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre essa doença crônica apresentado em abril de 2016.

A OMS calcula que 422 milhões de adultos sofriam de diabetes em 2014, contra 108 milhões em 1980!

O estudo, um dos maiores já realizados sobre tendências em relação à diabetes, também revelou que, em 2014, metade dos adultos com diabetes viviam em cinco países: China, Índia, Estados Unidos, BRASIL e Indonésia.

Segundo os pesquisadores, o processo de envelhecimento da população mundial e níveis crescentes de obesidade em todo o globo fazem com que a diabetes esteja se tornando "um tema de saúde pública global incontornável".

 

O QUE É DIABETES?

É uma síndrome que tem como característica o excesso de açúcar no sangue, pode ser ocasionada pela baixa produção de insulina no organismo ou incapacidade da insulina exercer suas funções nas células do corpo, resultando num alto índice de glicemia.

 

O QUE É INSULINA?

É um hormônio que o pâncreas libera e tem a função de controlar a glicemia do organismo, estimulando que o açúcar entre nas células para ser metabolizado. Se o corpo produz a insulina em quantidade necessária para o corpo, porém, não consegue agir de maneira adequada, indica que o organismo está com resistência à insulina, podendo ser indício da doença.

 

FONTE: Blasting News Ciência & Saúde

Galeria
Comentários
Veja também