Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - Ponta de Estoque
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - banner mobile
Anúncio - campanha meses 07-08 e 09
Anúncio - 61 ANOS MOBILE
Anúncio - banner rodape
Anúncio - campanha meses 07-08 e 09
Anúncio - campanha nova mobile
Anúncio - Nigth Run Agosto
SAÚDE PÚBLICA
OMS aponta riscos para a saúde mundial
Dengue e falta de vacinação estão entre os principais fatores
Publicado em 31/01/2019 às 10:50 Ítalo
OMS aponta riscos para a saúde mundial

A Organização Mundial de Saúde (OMS) listou os 10 principais fatores que podem ameaçar a saúde mundial nos próximos anos. 

A lista inclui problemas climáticos, pouca atenção ao atendimento primário em saúde, falta de saneamento básico e a hesitação em vacinar crianças para prevenir doenças. De acordo com a OMS, esses fatores são capazes de reverter os avanços conquistados até hoje na prevenção de determinadas doenças.

As 10 principais ameaças à saúde mundial são:

1- Poluição do ar e mudanças climáticas

A OMS acredita que até 2050 mais de 250 mil mortes serão causadas pela poluição e aquecimento global.

2 - Doenças crônicas não transmissíveis

Diabetes, câncer e doenças do coração são responsáveis por 70% das mortes do mundo, atualmente. Contraditoriamente, em segundo lugar na lista dos maiores riscos à saúde mundial, estão doenças que podem ser facilmente evitadas com a mudança no estilo de vida!

3- Pandemia Mundial de Influenza

A gripe ainda não é uma doença controlada. A OMS monitora a circulação do vírus pelo mundo para detectar possíveis pandemias.

4 - Locais frágeis e vulneráveis

A falta de acesso a cuidados básicos como saneamento afeta 22% da população mundial.

5 - Resistencia Antimicrobiana

O uso excessivo de remédios antibióticos tem reduzido a capacidade do organismo humano de resistir naturalmente às bactérias. Portanto a dificuldade em prevenir infecções, afeta diretamente os resultados de cirurgias e outros tratamentos como a quimioterapia.

6 - Ebola

Esse vírus mortal, espalhado em áreas urbanas tem se mostrado extremamente difícil de ser controlado.

7 - Atenção Primária Fraca

Se uma grande fatia da população mundial sequer possui acesso a banheiros ou água tratada, quem dirá acesso a tratamentos médicos em nível primário. Infelizmente a negligência de muitos países ainda leva a morte milhares de pessoas que, com atendimento básico, poderiam ter os quadros de doença revertidos.

8 - Hesitação em vacinar

Mesmo em países que oferecem acesso à prevenção de doenças por meio das vacinas, a hesitação em vacinar é um risco à saúde. Como foi relatado aqui mesmo na Coluna Ítalo, no ano passado, milhares de doses de vacinas oferecidas gratuitamente foram descartadas por falta de procura.

9 - Dengue

Mesmo diante de tantas campanhas sobre os hábitos que levam à proliferação do mosquito da Dengue, essa doença ainda é um problema. Não apenas no Brasil, mas ao redor de todo o globo, a população luta contra esse pequeno vilão. 40% da população mundial pode ser afetada pela Dengue, que já computa uma média de 390 casos por ano.

10 - HIV

O vírus da Aids ainda é um problema de saúde mundial, mesmo que o contágio do vírus HIV possa ser facilmente prevenido. Além disso, a medicina avançou intensamente em tratamentos e medicamentos para essa doença. No entanto, a Aids ainda mata cerca de um milhão de pessoas por ano em todo o mundo.

Texto adaptado de Folha de S.Paulo, disponível em: https://www1.folha.uol.com.br

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Anúncio - Dentista
Comentários
Veja também