Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
NOVA ERA DA MÍDIA
O poder do novo jornalismo on line!
O mundo mudou: a tecnologia impôs transformações
Publicado em 18/02/2017 às 00:00 Italo
O poder do novo jornalismo on line!

Mesmo que os mais radicais, por uma questão de tradição cultural antiga ainda insistam em ler o jornal impresso, a realidade está a um palmo do nariz de todo mundo que faz da leitura de notícias um costume cotidiano.

O jornalismo on line conquista cada vez mais espaço e adeptos, por uma série de motivos, o que torna a vida dos empresários da mídia impressa cada vez mais difícil, pois os anunciantes e as verbas públicas estão migrando do lado antigo para o lado moderno da tecnologia, que oferece um leitorado cada vez mais numeroso e retorno financeiro cada vez maior e com maior rapidez.

Estudiosos da mídia analisam a situação e, baseados em dados verdadeiros, tanto no que toca à circulação como ao sucesso como veículo publicitário, enumeraram as principais vantagens de uma publicação on line relativamente à sua versão impressa. E estes detalhes interessam sobremaneira tanto aos leitores como aos anunciantes.

 

VALE CONFERIR UM POR UM:

1)  Não é preciso transportar aquele maço de folhas que é o jornal tradicional, que depois de lido não tem utilidade. A versão online está disponível em qualquer computador ligado à Net, sem riscos ambientais acrescidos, sem se correr o risco de se perder.

2)  A edição online não se esgota a uma certa hora, nem existe apenas nesta ou naquela banca, nesta ou na outra parte do País. Ela está disponível a qualquer hora (muito mais cedo do que a versão impressa, sem os limites do número de tiragem), de qualquer ponto do mundo e, ainda por cima, gratuitamente.

3)  Podem utilizar-se citações dos textos que lá figuram através do simples mecanismo de "Copiar – colar", sem ser necessária a transcrição (que acarreta sempre alguma probabilidade de erro).

4)  Através de motores de pesquisa pode ir-se imediatamente para os artigos que interessam ao leitor, ou até certas palavras-chave que este procura nos textos. A versão digital tem um modelo não linear que permite múltiplas formas de leitura, consoante o interesse ou disponibilidade do leitor.

5)  Sempre que for necessário, pode imprimir-se o que interessa.

6)  Os textos, mantendo o seu conteúdo, remetem para outros sites de interesse que contêm informação adicional.

7)  No site pode descobrir-se também informação acerca da equipe responsável pelo jornal e informação acerca do próprio periódico em si.

8)  A informação na versão online está hierarquicamente organizada de forma mais perceptível do que no jornal impresso.

9)  A versão digital permite ao Design gráfico uma maior liberdade criativa, através de ferramentas disponíveis para a construção na Web.

10) Os artigos podem ser discutidos em Newsgroups existentes já nalguns sites, onde cada leitor se pode confrontar com outros leitores que partilham os mesmos interesses, formando assim aquilo a que hoje se chama de Comunidade virtual de interesses.

11) Existem ferramentas acessíveis na Internet que permitem uma tradução instantânea de qualquer texto. O que significa que um leitor pode ler artigos em jornais eletrônicos em qualquer idioma, o que favorece a democratização da Imprensa e a materialização da "aldeia global" de McLuhan.

12) Numa só navegação podem consultar-se inúmeros jornais diferentes, sem custos inerentes ou dificuldades na língua.

13) Em muitos casos, o leitor tem acesso à mesma informação que o repórter tem. O que permite ao leitor ter acesso a todos os documentos envolvidos na história (não apenas à visão parcelar do jornalista). O que pode significar uma maior isenção do repórter, com o consequente aumento de credibilidade aos olhos do leitor.

14) A informação deixa de ser um produto "de poucos para muitos" (massmedia) para se tornar algo "de muitos para muitos". O leitor usufrui assim de todas as vantagens da maior oferta, maior liberdade de escolha e participação direta no processo de produção das notícias.

Eis aí uma exposição que merece a atenção de quem gosta de viver bem informado, que hoje tem em mãos o que há de mais avançado em tecnologia, sem gastar dinheiro, com tranquilidade e até mesmo sentido o prazer de ver e ler com mais nitidez e cores belas reportagens e imagens.

O mundo mudou e virou uma aldeia virtual. O jornalismo e os leitores também! Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades e as formas de viver bem informado! É isso aí!

Galeria
Comentários
Veja também