Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner rodape
FICO
Brasil "comemora" o dia em que D.Pedro ficou
Quando vamos comemorar o "dia do foi"?
Publicado em 08/01/2018 às 18:49 Ítalo
Brasil "comemora" o dia em que D.Pedro ficou

Foi em 09 de Janeiro de 1822, que D.Pedro I decidiu que ficaria por aqui, nas terras brasileiras, já que foi obrigado a isso pelo Partido Brasileiro.  

Os registros históricos contam a decisão do monarca de um jeito glamuroso, cheio de firulas. No entanto, já se sabe que o velho D.João VI (rei de Portugal) estava furioso com D.Pedro e queria vê-lo em Lisboa para retirar-lhe o poder. A intenção do rei de Portugal era fazer com que o Brasil voltasse a ser uma colônia, pagante de impostos e que respondesse às ordens, de Portugal. Mas o Brasil já estava começando a andar com as próprias pernas e D.Pedro se sentia responsável por isso, negando a solicitação do rei João VI.

Foi quando, sabendo que o rei de Portugal esperava pelo príncipe D. Pedro, o Partido Brasileiro (que já exercia força política relevante) organizou um abaixo-assinado com 8mil assinaturas exigindo que as coisas permanecessem como estavam. 

Morrendo de medo de perder a moral com os novos políticos daqui e de perder o trono se voltasse a Portugal, D.Pedro decidiu ficar e fazer a vontade dos rebeledes do Partido Brasileiro. Meses depois, o Brasil registraria sua independência em 7 de setembro. 

É claro que um floreio era necessário e assim registrou-se nos autos da monarquia: "Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico!", disse D.Pedro. 

Esse foi registrado como o Dia do Fico. 

O que faz pensar sério sobre o poder político no Brasil, é que a atitude molenga de D.Pedro ainda se repete. Nossa lei é fraca e a justiça tem pouca força. Assim como nos tempos de D.Pedro, ainda vemos por aqui as "forças rebeldes" da corrupção política exercerem maior influência que a necessidade do povo. 

Hoje o brasileiro deseja o dia em que vai comemorar a limpeza geral de Brasília. Onde quem estiver lá, só estiver porque vai trabalhar pelo povo, para o povo. Não só no discurso, como no caso de D.Pedro, mas por fato e verdade. 

Esse será registrado como o "Dia do Foi"! 

Mais importante que o "Dica do Fico", o Brasil vai comemorar uma nova independência. O dia em que a corrupção, a roubalheira e a vergonha se foi. 

Por Anita Leite

Comentários
Veja também