Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - BANNER NOVO MOBILE SETEMBRO
Anúncio - Sustentabilidade móbile
Anúncio - banner rodape
Anúncio - 2 dose completa mobile
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
MUDANÇA
Enem 2017 será em dois domingos consecutivos!
As provas acontecerão nos dias 5 e 12 de novembro
Publicado em 14/03/2017 às 00:00 Ítalo
Enem 2017 será em dois domingos consecutivos!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano será realizado em dois domingos consecutivos, dias 5 e 12 de novembro, e não mais em um único fim de semana.

As mudanças foram anunciadas na quinta-feira (9) pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições estarão abertas de 8 a 19 de maio.

No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza.

Até o ano passado, o exame era realizado em um sábado e um domingo, no mesmo fim de semana, e a prova de redação era aplicada no segundo dia de exame. Com a mudança, no primeiro domingo, os estudantes terão 5 horas e meia de prova e, no segundo, 4 horas e meia.

Entre os beneficiados com a mudança dos dias das provas estão os adventistas, integrantes de religiões que guardam o sábado, que fizeram forte campanha pela mudança de datas e foram atendidos. Até o ano passado, eles tinham de ficar isolados em uma sala das 13 horas (horário de início da prova) até o sol se pôr para fazer as provas sábado à noite.

Os candidatos interessados em fazer o exame devem pagar uma taxa de inscrição. O MEC ainda discute o valor a ser cobrado. A taxa deve ser conhecida a partir da publicação do edital, prevista para 10 de abril.

São isentos do pagamento da taxa os estudantes concluintes do ensino médio em escolas públicas e os participantes de baixa renda. Os estudantes isentos que não comparecerem e não justificarem a ausência perderão o benefício em 2018, caso queiram fazer a prova novamente.

A partir deste ano, o exame não poderá ser usado para certificar o ensino médio. Dessa forma, a cerificação voltará a ser feita pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja).

Para dar mais segurança ao processo, os participantes receberão cadernos de questões personalizados (identificado com seu nome e número de inscrição), com os cartões de resposta encartados na prova, com seu nome e número de inscrição. Até 2016, os participantes recebiam o cartão de resposta separado da prova e faziam a identificação com a cor de sua prova.

As mudanças foram feitas com base em consulta pública realizada pelo Ministério da Educação.

Galeria
Comentários
Veja também