Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - JARDIM VERSAILLES FRANÇOLIN
Anúncio - banner topo 2021
Anúncio - Casa Gomes banner lateral
Anúncio - arte nova mobile
Anúncio - banner mobile rodape
Anúncio - banner rodape
UMUARAMA
Livro revisa a história com magistral poesia!
Obra resgata fatos e imagens raras do passado da Capital da Amizade
Publicado em 26/06/2017 às 11:46 Ítalo
Livro revisa a história com magistral poesia!

Por SÉRGIO SANTOS

Publicado no portal OBemdito

Muitas cidades contam com 'guardiões da memória'. São pessoas devotadas a manter viva a história, a propagar os legados históricos e culturais para as gerações futuras. Umuarama é privilegiada, pois seu expoente nesse quesito é o jornalista Italo Fábio Casciola.

O que Italo nos entrega "de bandeja" em seu primeiro livro, Memórias de um Repórter, é fruto de décadas de pesquisa ininterrupta (só concebível àqueles que abraçam seu ofício com paixão e dele extraem algo extraordinário).

Seria errôneo afirmar que o craque da escrita, um dos mais profícuos e reconhecidos jornalistas do Estado, pioneiro do colunismo, "debuta" com tal obra. Afinal, a literatura permeia desde sempre seu trabalho e é mesmo sua verve, a partir do momento em que passa a redigir páginas imortais impressas nas páginas do Umuarama Ilustrado.

É como o próprio autor define na apresentação: "Boa viagem pelo túnel do tempo!".

Mas, para além da nostalgia, Memórias de um Repórter (edição piloto) busca refletir sobre algumas das mais emblemáticas questões do presente, a fim de que "todos tenhamos um lugar ainda mais fraterno para viver no futuro".

Desnecessário dizer mais. Uma edição caprichada, com belíssimo acabamento, que sem a pretensão de estabelecer uma linha temporal cronológica, situa poética e criticamente a trajetória desse pedacinho de Paraná que tão bem sabe acolher a todos.

Vinte crônicas imperdíveis.

NOTA EXPLICATIVA: Trata-se da edição piloto (não está à venda) de uma série de 10 volumes. Acabamento de primeira, capa dura, formato 25x25cm, São 180 páginas de histórias enriquecidas com fotos raras da época da abertura, fundação e colonização (década de 1950), impressas em cores e em papel de alta qualidade.

Como não possui fins lucrativos, está à disposição de leitura e pesquisas exclusivamente nas bibliotecas e museus históricos.

Vinte crônicas inspiradas e uma memorável viagem pelo túnel do tempo

(*) Publicado em 5 de Janeiro de 2017 09h09

Comentários
Veja também