Coluna Italo

(44) 99941-8859
Anúncio - banner mobile
Anúncio - campanha meses 07-08 e 09
Anúncio - Ponta de Estoque
Anúncio - Ecogarden mobile
Anúncio - 61 ANOS MOBILE
Anúncio - campanha nova mobile
Anúncio - Nigth Run Agosto
Anúncio - campanha meses 07-08 e 09
Anúncio - banner rodape
SUGESTÃO PARA A PREFEITURA:
Mudem o nome das lixeiras!
Assim os sujismundos jogariam o lixo no ‘lugar certo’...
Publicado em 15/03/2019 às 11:09 Ítalo
Mudem o nome das lixeiras!

Todos os anos a história se repete em Umuarama: depois de cada chuva é aquela mistura de xororó com mimimi por causa das ruas alagadas pelas enxurradas sem saída, pois os bueiros estão sempre entupidos de lixo!

Já fizeram centenas de campanhas, gastaram um dinheirão para divulgá-las na mídia, fizeram mil e um discursos. E nada! Continua igual. Ou até pior... Seguem emporcalhando as calçadas e ruas de Umuarama. E, as chuvas, lavando a sujeira e levando-a até os bueiros. Em poucos minutos ficam lacrados e a água segue em frente, correndo veloz pelos quarteirões afora.  E piora ainda mais nos baixadões da cidade...

A irresponsabilidade chega ao cúmulo de ninguém assumir a autoria desses atos. E até virou cultura (ou seria tradição?!) repassar a culpa para a prefeitura. Mas não é a prefeitura que produz o lixo. Ao contrário, suas equipes fazem um esforço descomunal para manter a limpeza urbana, coletando o lixo descartado pela população.

Acontece que a maioria dos moradores ensaca o lixo, que é recolhido pelos garis. Mas uma grande parte de nossa gente joga as porcarias nos canteiros, nas calçadas, na beira dos meios-fios e no asfalto. E esse material é que vai parar nos bueiros a cada chuva...

Enquanto os habitantes não tomarem consciência de que a cidade é de todos, esse drama vai continuar. E com tendências até de piorar!

Há quem pense que a cidade é da prefeitura. Não é, não! Ela é nossa, é de todos. Como nossa casa, a cidade é o lugar onde moramos. Cabe, sim, às prefeituras fiscalizar, impedir, multar, fazer obras. Mas que tipo de gente joga lixo no chão da cidade-morada?

Um pouco de culpa tem a prefeitura sim, no tocante à fiscalização. Raríssimo ver alguém sendo atuado, multado. Não vejo fiscais pelas ruas, seja no centro como nos bairros. E aí vem a justificativa de que não há equipes para vigiar tanta gente cometendo esse tipo de infrações.

E assim caminha a Capital da Amizade desde há muito tempo. Mas, inevitavelmente, quem aplica o castigo são as chuvas. A ‘multa’ vem em forma de enxurradas. Ainda bem que elas são competentes, vigilantes e quando caem mostram a todos como é viver numa cidade suja, imunda, morada de tanta gente que não sabe nem o que é cidadania. Mas que só sabe reclamar das consequências, Então, vão reclamar para São Pedro, que tem o comando das águas e dá uma verdadeira aula de limpeza ao “lavar” a cidade! É isso!

Ah, então fica a sugestão: lixeiras nominadas de “CHÃO”, quem sabe assim os porcolinos acertam o lugar certo do lixo. Vale tentar essa ideia... Se não der certo, que fique tudo por isso mesmo e que os bueiros se explodam!  (ITALO FÁBIO CASCIOLA)

WWW.COLUNAITALO.COM.BR

Anúncio - Dentista
Comentários
Veja também